DEPOIS DAS TEMPESTADES, VEM AÍ UM NATAL SEM CHUVA

Depois de duas depressões, a Elsa e o Fabien, o Natal promete ser de temperaturas mais altas, sem chuva e sem vento, segundo o IPMA.

©  Mais Guimarães

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) prevê que, a partir deste domingo, exista “uma melhoria significativa do estado do tempo”.

A meteorologia refere, numa “previsão especial para a semana do Natal”, uma diminuição muito significativa, a partir de domingo, do vento e precipitação em geral fraca apenas nas regiões Norte e Centro, que será sob a forma de neve nos pontos mais altos da Serra da Estrela até ao início da manhã. Na região minhota, os dias 24 e 25 serão de céu pouco nublado, eventualmente com algum nevoeiro ou neblinas matinas que se dissiparão ao longo do dia”. O vento será fraco e as temperaturas máximas vão conhecer uma melhoria “significativa”.

No entanto, até meio da tarde de domingo “o vento ainda soprará moderado a forte, até 50 quilómetros por hora, nas terras altas, em especial no Norte e Centro onde as rajadas podem chegar aos 90 quilómetros por hora”.

Depois de domingo, entre os dias 23 e 28, “prevê-se céu pouco nublado, embora temporariamente muito nublado e com neblinas e nevoeiros matinais, que em alguns locais poderão persistir”.

Nos dias 26 e 27 deverá existir tendência para um aumento de nebulosidade, com eventual ocorrência de precipitação fraca, com uma probabilidade da ordem de 30%. O vento será em geral fraco.

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

©2020 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?