Desemprego a subir no concelho de Guimarães

O IEFP publicou os números do desemprego referentes ao mês de abril e  o retrato da situação em Guimarães não é animador. No mês de abril há mais 680  desempregados que em março, um aumento de quase 10%. Este aumento incidiu especialmente sobre as mulheres, há mais 431 as desempregadas, em Abril que no mês anterior.

Tomando como referência o mês de abril de 2019, são mais  1 182 os desempregados no mês homólogo em 2020, um aumento de 17,2%.  No aumento a um ano, a divisão do desemprego entre sexos continua a ser desfavorável às mulheres, elas são mais 743 e os homens 439.

Na região Norte, entre março e abril de 2020, o desemprego subiu quase 15%, de 321 164 desempregados para 368 925. No mesmo período, em Portugal, o desemprego cresceu 14,1%. Na comparação com o mês homólogo do ano de 2019, o crescimento do desemprego na região foi de 24%, ao passo que em Portugal ficou pelos 22,1%.

Recorde-se que as medidas de confinamento, determinadas pelo estado de emergência, que obrigaram ao encerramento de escolas e universidades, bem como de grande parte do comércio e de muitas empresas, foram decretadas a 18 março. Os números do desemprego agora divulgados ainda não reflectem o impacto total que estas medidas terão sobre o emprego.

©2020 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?