DOMINGOS BRAGANÇA SOBRE AS FESTAS DA CIDADE E GUALTERIANAS: “QUE SEJA DO AGRADO DE TODOS”

As Festas da Cidade e Gualterianas estão de regresso a Guimarães de 26 de julho a 05 de agosto. A edição de 2019 traz ainda de volta a Feira de Artesanato, que terá no lugar no Jardim da Alameda e também a Batalha das Flores, a decorrer no Largo do Toural. Nesta temporada, o momento emblemático será feito com flores naturais, para ir de encontro com a política ambiental da autarquia vimaranense.

Já há vários dias que as festas em honra de S. Gualter e da cidade estão na boca dos vimaranenses, devido à deslocalização dos divertimentos para a Alameda Alfredo Pimenta, uma das novidades deste ano. Depois das críticas tecidas ao município no ano passado, em que os equipamentos de diversão estavam no caminho para o teleférico, a autarquia ouviu “instituições e personalidades da cidade”, testemunhos cruciais para a escolha deste novo local. “A questão das diversões foram a questão central, com pena minha. São importantes, dá colorido, mas não podem ser centrais porque são comum a todas as festas no território nacional. O que é discutido não é ter o equipamento A ou B. É o local. Se são nas Hortas, no Toural, na Oliveira. O conjunto de entidades que ouvimos vão de encontro a esta deslocalização. Na cidade este foi o local mais consensualizado”, mencionou Domingos Bragança.

De acordo com o autarca vimaranense, o importante era “criar um eixo central”, pois as festas não são apenas em honra de S. Gualter, mas também da cidade. “O mundo mudou, a cidade de Guimarães mudou e os vimaranenses também mudaram. Que sejam do agrado de todos”, referiu Domingos Bragança.

O presidente da Câmara esclareceu ainda algumas questões importantes, que têm surgido entre os vimaranenses depois desta nova localização ter sido divulgada. “A faixa de rodagem no sentido Toural – Alameda Alfredo Pimenta, do lado direito, ficará livre. Já a envolvente ao estádio é de apoio ao aparcamento”, comentou. O autarca deixou claro que o plano de segurança mereceu a aprovação das autoridades e que foi trabalhado com as mesmas. Domingos Bragança acrescentou ainda que as árvores cortadas na Alameda “estavam doentes” e que foram retiradas devido a esse mesmo plano de segurança. “Em Outubro serão plantadas novas árvores”, garantiu o edil.

O programa da edição deste ano, explicado detalhadamente pela vereadora da Cultura, Adelina Paula Pinto, terá como cabeças de cartaz Blaya, Dino D’Santiago e Johnny Abreu. “Vamos agradar a várias faixas etárias, a vários tipos de gosto. Temos isto pensado para toda a cidade”, afirmou a também vice-presidente da Câmara.

Por fim, o momento emblemático desta edição será mais uma vez a Marcha Gualteriana, a decorrer no dia 05 de agosto, segunda-feira, pelas 22h00. Serão dez carros alegóricos a desfilar pelas ruas da cidade, com vários números vivos “surpreendentes”. Caso este ano não haja proibições relativamente ao fogo de artifício, este será lançado no Largo da Mumadona.

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

©2019 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?