Escolas e universidades: tudo fechado a partir de sexta-feira

O Governo deverá anunciar esta quinta-feira, dia 21, após a reunião do Conselho de Ministros, o encerramento de escolas e universidades. A terá sido tomada ontem à noite, numa reunião entre os ministros da Educação, Saúde, Presidência, Ensino Superior e o primeiro-ministro. A notícia é avançada pelo JN.

Perante os números, o Governo vê-se obrigado a ceder. Com 14.647 novos casos de covid-19 e 219 (ou 290) mortes, as vozes que pedem ao Governo o encerramento das escolas ganharam outro fôlego.

O principal fator que terá pesado na decisão do Governo terá sido o aumento da circulação da nova variante inglesa, mais agressiva para as crianças.

O JN cita uma fonte próxima do Governo para dizer que o principal objetivo desta medida é parar o país e que não tem por base que as escolas sejam fator de propagação.

Rui Rio, autarcas, como o presidente da Câmara de Viseu, que ameaçou fechar as escolas unilateralmente, responsáveis hospitalares e o próprio Presidente da República apertaram o cerco, deixando o Governo sozinho a defender a manutenção das escolas abertas.

As previsões, que não tomam em conta o encerramento das escolas, apontam para 16 mil novos casos no início de fevereiro. Nessa altura, 60% das novas infeções deverão ser da nova variante inglesa.

©2021 MAIS GUIMARÃES - Super8

Publicidade

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?