ESCOLAS SECUNDÁRIAS DE GUIMARÃES CAEM NO RANKING NACIONAL

ESCOLAS SECUNDÁRIAS DE GUIMARÃES CAEM NO RANKING NACIONAL

O Ranking de escolas relativo ao ano letivo 2015/2016 foi ontem divulgado e o cenário não é muito animador para as escolas de Guimarães no que diz respeito às Escolas Secundárias, que caíram relativamente à posição que ocupavam em 2015. Na classificação das Escolas Básicas de Guimarães o balanço é mais positivo, notando-se a subida de posição, relativamente a 2015, de 10 Estabelecimentos de Ensino e/ou Agrupamentos de Escolas.escola-guimaraes

A análise dos resultados deste ano é feita pela análise das notas dos exames, mas também pelo sucesso da recuperação de alunos, designado pelo Ministério da Educação por “indicador de percursos diretos de sucesso”.

Relativamente às Escolas Secundárias de Guimarães, a Escola de Caldas das Taipas ocupa a melhor posição (230ª – 189 em 2015) com uma média de 10,91 e com 782 provas realizadas. O segundo lugar é ocupado pela Escola Secundária Martins Sarmento (274ª – 270 em 2015), com a média de 10.73 e 1149 provas, o terceiro pela Escola Secundária Francisco de Holanda (314ª – 167 em 2015) e 1344 provas e, em último lugar, e com uma média negativa de 9.48 pontos, a Escola Secundária Santos Simões, que ocupa a 530ª posição (500 em 2015) entre as Escolas Secundárias Nacionais.

No que toca às escolas que mais contribuíram para melhorar o desempenho dos seus alunos, o ranking destaca a prestação da Escola Secundária de Caldas das Taipas, com um saldo positivo de 9,63%, e os saldos negativos das restantes escolas: Escola Secundária Martins Sarmento com -1,15; Escola Secundária Santos Simões com -3,44, e Escola Secundária Francisco de Holanda com -4,39.

escola-guimaraes-3

ENSINO BÁSICO: PRIVADAS LIDERAM E PÚBLICAS RECUPERAM POSIÇÕES

Embora todas as Escolas Privadas de Guimarães tenham descido de posição relativamente a 2015, continuam a ocupar os primeiros lugares entre estes estabelecimentos de ensino.

O Colégio Nossa Senhora da Conceição ocupa, em Guimarães, a primeira posição, sendo Nº 18 no ranking geral (13 em 2015), e com um indicador positivo de 9.06%, o segundo lugar é ocupado pelo Colégio do Ave, sendo Nº 65 no ranking geral (34 em 2015), e com um indicador positivo de 16,3%. O pódio é fechado com o Colégio Arautos do Evangelho sendo Nº 112 no ranking geral (89 em 2015), com 8 provas realizadas.

 

ESCOLAS PÚBLICAS/AGRUPAMENTOS DE ESCOLAS DE ENSINO BÁSICO

Escola Básica Professor João de Meira, na posição 209 em 2016 (190 em 2015) e com um indicador positivo de 0,3%;

Escola Básica Egas Moniz, na posição 272 em 2016 (330 em 2015) e com um indicador positivo de 14,7%;

Escola Básica D. Afonso Henriques, Creixomil, na posição 296 em 2016 (434 em 2015) e com um indicador positivo de 1,95%;

Escola Básica das Taipas, na posição 332 em 2016 (823 em 2015) e com um indicador positivo de 1,32%;

Escola Básica Arqueólogo Mário Cardoso, Ponte, na posição 339 em 2016 (646 em 2015) e com um indicador positivo de 5%;

Escola Básica Arquiteto Fernando Távora, Fermentões, na posição 370 em 2016 (768 em 2015) e com um indicador positivo de 3,62%;

Escola Básica Professor Abel Salazar, na posição 425 em 2016 (603 em 2015) e com um indicador negativo de 0,16%;

Escola Básica de Pevidém, na posição 577 em 2016 (216 em 2015) e com um indicador positivo de 4,15%;

Escola Básica Virgínia Moura, Moreira de Cónegos, na posição 593 em 2016 (638 em 2015) e com um indicador negativo de 5,4%;

Escola Básica do Vale de São Torcato, na posição 596 em 2016 (469 em 2015) e com um indicador positivo de 2,38%;

Escola Básica Gil Vicente, Urgeses, na posição 640 em 2016 (748 em 2015) e com um indicador positivo de 5,25%;

Escola Básica de Abação, na posição 703 em 2016 (664 em 2015) e com um indicador negativo de 7,17%;

Escola Básica Santos Simões, na posição 752 em 2016 (778 em 2015) e com um indicador negativo de 2,71;

Escola Básica de Briteiros, na posição 757 em 2016 (1047 em 2015) e com um indicador negativo de 11,18%.

 

Nota: O ranking apresentado pelo Mais Guimarães ordena as escolas pela média obtida pelos alunos internos na 1ª fase dos exames nacionais e tem como fontes o Jornal Expresso e o Ministério da Educação.

 

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

©2019 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?