Executivo poderá aprovar reforço de 100 mil euros para subsídio ao arrendamento

Verba de 100 mil euros poderá apoiar mais cerca de 120 famílias no concelho. Executivo também vota transferência de verbas para compra de material informático para estudantes.

© Mais Guimarães

Na próxima reunião de câmara, a vereação deliberará e votará duas propostas relativas ao subsídio municipal ao arrendamento. A primeira diz respeito à aprovação de 40 candidaturas, pela CASFIG. Já o outro ponto prevê uma adenda ao contrato-programa celebrado com a CASFIG, através de um reforço da verba. O executivo poderá vir a aprovar um reforço de 100 mil euros, o que permitirá “apoiar mais cerca de 120 famílias, considerando o impacto social e financeiro provocado pela pandemia do novo coronavírus”, lê-se na agenda de trabalhos.

Outra proposta a deliberar e votar diz respeito à transferência de verbas para agrupamentos e escolas secundárias do concelho para a aquisição de equipamentos informáticos. “No seguimento do levantamento das necessidades dos alunos nos agrupamentos escolares e nas escolas secundárias do concelho de Guimarães”, a autarquia concluiu “existir um número elevado de agregados familiares que não possuem condições económicas para adquirirem os equipamentos informáticos que permitam aos seus educandos a realização dos trabalhos escolares”.

Assim, a divisão da Educação propõe a transferência de uma verba de 12.500 euros para cada escola abrangida pela medida (são 14 agrupamentos e duas escolas secundárias, conforme a informação da agenda). No total, serão transferidos 200 mil euros para a aquisição de material informático.

©2022 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?