Faleceu o escultor João Cutileiro

O artista tinha 83 anos e era responsável por obras famosas como o monumento em homenagem ao 25 de abril instalado no Parque Eduardo VII, em Lisboa, mas também pela estátua de D. Afonso Henriques situada numa das extremidades do Largo João Franco, em Guimarães.

© Direitos Reservados

A causa da morte terá sido complicações causadas por um enfisema pulmonar e estava internado no Hospital Pulido Valente, em Lisboa.

Ao longo de 60 anos de carreira, João Cutileiro criou inúmeras obras, sendo a escultura em mármore de corrente figurativa foi uma das suas imagens de marca. Os seus trabalhos estão colocados por todo o país.

© Direitos Reservados

Em Guimarães, nomeadamente no Largo João Franco, pode-se encontrar uma das suas obras: a estátua de D. Afonso Henriques. Este seu trabalho foi inaugurado em 2001 nas comemorações do dia 24 de junho, feriado municipal na cidade de Guimarães. 

Além de outros trabalhos e exposições na Cidade-Berço, em 2018 João Cutileiro foi homenageado em Guimarães aquando da abertura da exposição das suas obras no Centro Internacional das Artes José de Guimarães, representativa da sua ampla influência na arte portuguesa dos anos 1960 a 1990 e, ainda, uma mostra de obras inéditas em cartão, incluindo maquetas de trabalhos públicos projetados e construídos em Portugal e no estrangeiro.

O Presidente da Câmara já apresentou as condolências pela morte do artista e enaltece a importância do seu legado, a marca indelével no Centro Histórico da Cidade, manifestando que “a notícia da sua morte é uma perda para a cultura portuguesa e para o mundo das artes, sendo uma notícia triste também para Guimarães perante uma relação que foi construída e alicerçada ao longo dos últimos anos”, pode ler-se em nota enviada às redações.

©2021 MAIS GUIMARÃES - Super8

Publicidade

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?