FESTIVAL HÚMUS ABRE COM APRESENTAÇÃO DO LIVRO “RAUL BRANDÃO E A CASA DO ALTO”

Festival Literário de Guimarães – Húmus – decorre de 07 a 12 de março, com destaque para a homenagem à escritora Agustina Bessa-Luís.

Pelo segundo ano consecutivo a Câmara Municipal organiza o Festival Literário de Guimarães, depois de um ano marcado pelas comemorações dos 150 anos de Raul Brandão. De 07 a 12 de março, na Biblioteca Municipal Raul Brandão (com exceções referenciadas), cumpre-se o programa do Festival Húmus, assinalando-se também o 26.º aniversário da Biblioteca Municipal Raul Brandão no dia de abertura do Festival. Logo no primeiro dia, 07 de março, quarta-feira, pelas 18h30, decorre a apresentação do livro “Raul Brandão e a Casa do Alto” por Secundino Cunha e Manuel Roque, seguida de uma palestra alusiva ao tema “O Cadete Raul Brandão” por António José Pereira da Costa.

No dia 08 de março (quinta-feira), às 18h00, tem lugar a entrevista moderada por Tito Couto a Maria Antónia Palla, uma defensora da liberdade de pensamento e da liberdade de imprensa, que lhe valeu a distinção de Comendadora da Ordem da Liberdade. Foi a primeira mulher a ocupar o lugar de vice-presidente do Sindicato dos Jornalistas e a primeira mulher a assumir a presidência da Caixa de Previdência dos Jornalistas, cargo que desempenhou durante doze anos, até ao encerramento daquela instituição.

Para sexta-feira, 09 de março, às 10h00, está programado o debate sobre o tema “A política no feminino: outras formas de pensar”, com a participação de várias mulheres ligadas à vida política local e com moderação de Paulo Lopes Silva.

Quatro mesas redondas, com temas no feminino, completam o programa de sábado (10 de março). Helena Vasconcelos e Cristina Branco falam sobre o tema “É difícil viver com escritores”, às 15h00, na Mesa 1, com moderação de Paulo M. Morais. Uma hora mais tarde o tema “Reais e ficcionadas: mulheres que deram personagens de romance” junta Filipa Melo e Isabel Rio Novo na mesma mesa, com Tito Couto.
 Às 17h00 está programado o tema “Mas afinal o que é isso de literatura feminina?”, com a participação de Carla Maia de Almeida e Dulce Maria Cardoso. Às 21h30 terá lugar a homenagem a Agustina Bessa-Luís, “70 anos de estreia literária com Mundo Fechado”. Integram esta mesa Isabel Pires de Lima, Miguel Zenha e Mónica Baldaque, com moderação de Tito Couto.
No fim de semana (10/11 de março), a Junta de Freguesia de Nespereira organiza a “Feira da época 1900” com dois atos: Ao encontro de Raul Brandão e o Casamento de Raul Brandão com Maria Angelina. Ainda no domingo (11 de março) está programado a Entrevista de Vida a Carlos Fiolhais, com moderação de Tito Couto. Esta sessão decorre a partir das 11 horas, no Café Milenário.

O programa do Festival Húmus encerra na segunda-feira, 12 de março, com o espetáculo “Estavas linda, Inês, posta em sossego”, às 11h00, no Auditório da Universidade do Minho. Às 18h00, o tema “Maria Angelina na obra de Raul Brandão” será exposto numa mesa redonda com a participação de Maria João Reynaud e Miguel Leal. A terminar está previsto uma conferência sob o tema “Os croquis políticos de Raul Brandão: um jogo de máscaras e fronteiras”, por Norberto Cunha, às 21h30, no Salão Nobre da Sociedade Martins Sarmento.
0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

©2018 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?