Foi o Coração!

Por Eliseu Sampaio,
Diretor do grupo Mais Guimarães

Falar da Guimarães – Capital Europeia da Cultura, 10 anos depois, é falar de um assunto do foro da magia e da nostalgia também.

É falar de um ano extraordinariamente marcante e de afirmação de uma comunidade vincadamente cultural. É falar de uma riqueza que dispúnhamos e que viu a luz naquele tempo maior para a cidade-berço e para as suas pessoas.

É falar de querer, de amor, de união e de garra. Falar daqueles que a partir daí se lançaram por caminhos novos abraçados às suas artes, na sua terra ou voando para lugares novos.

É inegável o sentimento de nostalgia apesar de tudo o que ficou.

Falar da Guimarães – Capital Europeia da Cultura, é falar dos espaços que se criaram e que pretendem, ainda hoje, afirmar Guimarães como um espaço cultural acima, muito acima da média das cidades e territórios da sua dimensão.

10 anos depois é tempo de falar também do que não se cumpriu ou parcialmente se fez na ressaca de ano tão marcante, no que se colheu das sementes que naquele ano se lançaram.

Por isso, este é tempo de se pensar, de se refletir sobre por onde ir, nas direções que Guimarães poderá assumir.

A inovação, nesta área tão viva, tão volátil, é fundamental para que Guimarães se mantenha neste processo de vinculação a esta sua característica tão particular. E mais necessária agora, que outros territórios, que outras cidades, procuram protagonismo através da dinamização de programas culturais fortes, e tendo também, o que deve ser considerado, mais dinheiro para isso.

Vale a pena olharmos para 2012, percebendo que não foi o dinheiro que ali fez a diferença, que impediu que Guimarães concretizasse a melhor Capital da Cultura que este país já viu. Foi o coração!

Sim, aquele coração que tivemos como nosso e que bateu, do primeiro ao último momento, do primeiro acorde ou pincelada até ao último aplauso daquele ano que juntos, como uma verdadeira comunidade, celebramos.

©2022 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?