Funcionários das escolas em greve no dia 07 de dezembro

Dia 07 de dezembro foi a data escolhida pela Federação Nacional dos Sindicatos dos Trabalhadores em Funções Públicas e Sociais para a greve nacional dos funcionários não docentes. Em causa estão a falta de funcionários e melhores condições de trabalho.

O contexto de pandemia que vivemos veio agravar as fragilidades de recursos nas escolas públicas, e a Federação Nacional dos Sindicatos dos Trabalhadores em Funções Públicas e Sociais acusa o Governo de não ter dado respostas às necessidades das escolas, nomeadamente garantir as condições de trabalho importas pelas regras contra a Covid-19.

Em conferência de imprensa junto ao Ministério da Educação, em Lisboa, o dirigente da Federação Nacional dos Sindicatos dos Trabalhadores em Funções Públicas e Sociais, Artur Sequeira, afirmou que “Esta greve faz-se porque o Ministério da Educação e o Governo do PS não estão a responder com a necessidade e a responsabilidade com que deviam estar a fazê-lo para as escolas públicas estarem abertas”.

O motivo desta greve deve-se também ao processo de municipalização que, segundo o sindicato, colocam os trabalhadores de diferentes escolas a trabalhar sob condições diferentes, a precariedade e as condições salariais dos trabalhadores.

Também a Federação Nacional de Professores (Fenprof) está a avaliar a hipótese de uma greve para as primeiras semanas de dezembro.

©2021 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?