Guimarães está entre os 47 concelhos de risco “extremamente elevado”

O Governo criou quatro patamares de risco de infeção por covid-19, moderado, elevado, muito elevado e extremamente elevado. Guimarães está no grupo de municípios onde o risco é “extremamente elevado”.

Para serem incluídos no grupo de risco extremamente elevado os territórios têm de ter mais de 960 novas infeções por 100 mil habitantes nos últimos 14 dias. Apesar da distinção em termos de nível de risco, o Governo aplicou a estes 47 concelhos as mesmas medidas que serão implementadas nos municípios com risco muito elevado. A partir de terça-feira, 24 de novembro, até 8 de dezembro, as medidas a aplicar nestes concelhos são:

  • Nos sábados, domingos e feriados de 1 e 8 dezembro fica proibida a circulação na via pública e encerramento de estabelecimentos comerciais entre as 13h00 e as 5h00;
  • Nas vésperas dos feriados, ou seja, a 30 de novembro e 7 de dezembro, é decretado o encerramento dos estabelecimentos comerciais a partir das 15h00.

Entre as 480 mil e as 960 mil novas infeções por 100 mil habitantes os concelhos são classificados como de risco elevado. Estão nesta situação 80 concelhos, entre os quais alguns da Grande Lisboa.

No caso do risco elevado, com entre 240 a 480 novos casos por 100 mil habitantes, há agora 86 concelhos, a maioria deles no centro e sul do país.

Só existem 65 concelhos onde o risco é considerado moderado. Nestes aplicam-se as medidas de restrição gerais. Entre estes estão 17 que até aqui faziam parte do grupo de risco elevado. Tiveram uma redução do número de casos por 100 mil habitantes nos últimos 14 dias, passando a contar com medidas menos restritivas do que até agora.

©2020 MAIS GUIMARÃES - Super8

Publicidade

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?