HÁ CERCA DE 50 ALUNOS VIMARANENSES NO EXTERNATO DELFIM FERREIRA QUE PODEM FICAR SEM ESCOLA

Depois de decretada a insolvência da Delfinópolis – Técnica e Educação, detentora do Externato Delfim Ferreira, situado em Riba de Ave, concelho de Vila Nova de Famalicão, há 180 alunos que podem ficar sem escola, a meio do ano letivo.

De acordo com o Externato Delfim Ferreira, estudam vários alunos de Guimarães no externato, cerca de 50, representando assim uma grande percentagem de crianças e jovens que frequentam aquele estabelecimento de ensino, desde a pré-escolar até ao Ensino Secundário. “Há muitos vindos de Guardizela. Há ainda das Taipas e de S. João de Ponte. Em número redondo, do concelho de Guimarães, deverão ser cerca de 50”, disse ao Mais Guimarães fonte do externato.

O Externato Delfim Ferreira já teve 1500 alunos, mas devido ao corte nos contratos de associação, esse número tem vindo a reduzir-se. Durante esta semana, os encarregados de educação pedem que o externato continue a funcionar até ao final deste ano letivo.

Já o Presidente da Câmara de Famalicão, Paulo Cunha, pediu uma reunião de urgência com o Ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, para saber quais as propostas e soluções para os alunos do Externato Delfim Ferreira.

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

©2019 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?