HÁ UM TREINADOR VIMARANENSE CAMPEÃO EM MOÇAMBIQUE

O presidente da FPF, Fernando Gomes, já felicitou o técnico, dizendo que a conquista permite “afirmar”, fora de portas, o valor dos treinadores nacionais e do futebol português.

O treinador levou o Costa do Sol ao 10.º título da história © Costa do Sol

Há um treinador vimaranense em destaque além-fronteiras. Horácio Gonçalves sagrou-se, esta quarta-feira, campeão da Liga moçambicana de futebol pelo Costa do Sol. É o quinto técnico luso a conseguir o feito; o primeiro desde 2015.

O nome pode não dizer muito aos mais novos, mas o vimaranense tem um passado rico no futebol nacional: como jogador e como treinador. Antes da aventura internacional, o vimaranense notabilizou-se pelo trabalho no Varzim na segunda metade da década de 90. Dentro das quatro linhas ainda teve a oportunidade de jogar de “rei ao peito”, na temporada 85/86. Na altura, com 23 anos, o jovem avançado partilhou o balneário com nomes como Roldão e Paulinho Cascavel.

Em 2008 tem a sua primeira experiência fora de portas, nos gregos do Asteras Tripolis. Embora não tenha chegado a orientar a equipa principal, o técnico só saiu da Grécia para voltar a Portugal em 2011/2012, para orientar o Leixões. Seguira-se passagens por outros clubes lusos, tendo o último sido o Felgueiras.

Mas é em terras moçambicanas que faz história, dando à formação do Costa do Sol o primeiro título desde 2007 e o 10.º da história. “Grande espetáculo. Os meus jogadores mostraram excelente capacidade de gerir as emoções e transformar cada lance numa oportunidade para construir esta brilhante vitória. Derrotámos e destronámos o bicampeão, fazendo uma exibição que, seguramente, ficará gravada na memória de todos nós, sobretudo na dos jogadores pela forma como a construíram”, disse o treinador, citado pelo jornal A Bola, no final da vitória contra o União Desportiva de Songo, o rival na disputa do título, por 4-2, na 26.ª e penúltima jornada do Moçambola.

Numa mensagem divulgada na página oficial da Federação Portuguesa de Futebol , Fernando Gomes felicitou o treinador nascido em Guimarães pelo feito ao serviço do clube de Maputo. Na mensagem, o presidente da FPF diz que a conquista permite “afirmar”, fora de portas, o valor dos treinadores nacionais e do futebol português.

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

©2020 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?