Impostos municipais: IRC e IRS mantêm-se, IMI pode baixar

Os vereadores da Câmara Municipal de Guimarães vão discutir e votar na Reunião de Câmara de segunda-feira, dia 16, uma proposta relativa aos impostos municipais. O IRC (derrama) e a participação do Município no IRS deverão manter-se inalterados, propõem-se uma redução do IMI

Relativamente à derrama sobre a coleta de 2020 a cobrar em 2021, propõe-se uma taxa de 1,5% sobre o lucro tributável sujeito e não isento de imposto sobre os rendimentos de pessoas coletivas, dos sujeitos passivos com um volume de negócios no ano anterior superior a €150.000; de 1% sobre o lucro tributável sujeito e não isento de imposto sobre os rendimentos de pessoas colectivas, dos sujeitos passivos com um volume de negócios no ano anterior que não ultrapasse €150.000. Esta proposta significa uma continuidade relativamente aos valores fixados em 2019 e cobrados em 2020.

No que toca à participação do Município na receita de IRS, a proposta que vai ser apreciada em Reunião de Câmara mantém a taxa máxima de 5%.

A proposta que vai ser votada aponta para uma redução do Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI), referente ao ano de 2020, de 0,35% para 0,33%.

©2021 MAIS GUIMARÃES - Super8

Publicidade

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?