IPCA investe na formação de professores para uso de novas ferramentas

No contexto da pandemia, em que o uso de novas tecnologias informáticas para garantir o ensino à distância se impôs, o Instituto Politécnico da Cávado e do Ave está a investir na formação dos docentes nestas áreas. “Este investimento foi impulsionado pelo contexto em que vivemos, mas é sem dúvida uma oportunidade de melhoria para o futuro.”

Paralelamente, foi realizado um forte investimento na melhoria dos recursos de apoio pedagógico nas salas de aula, nomeadamente, através da instalação de “smartboards” e sistemas de captura de som e vídeo que facilitem a realização das aulas no regime híbrido (em modo espelho).

“O sucesso do IPCA no combate à pandemia no campus depende muito do comportamento global e individual da comunidade académica. Apelamos por isso a um comportamento cívico e responsável no cumprimento pelas normas e regras definidas, quer pelas autoridades de saúde, quer pelo IPCA, para que este ano letivo possa decorrer com normalidade e segurança”, afirma o Instituto em comunicado.

O IPCA considera que o regime presencial assume uma dimensão essencial da educação superior, na medida em que promove a equidade entre estudantes em termos de participação e avaliação e proporciona a educação integral dos estudantes. Contudo, aproveita esta oportunidade de contexto para estimular a aplicação de novas práticas de inovação pedagógica através da experimentação, trabalho autónomo e uso das tecnologias digitais no apoio aos processos de ensino e aprendizagem.

Tal como em outros níveis de ensino, o tempo livre no campus vai ser reduzido

Decorrente das normas de higiene e segurança determinadas pelas autoridades de saúde competentes no regresso às aulas, o IPCA planeou o ano letivo com novas regras das quais se destacam o alargamento e desfasamento dos horários das atividades letivas, permitindo assegurar uma ocupação mais equilibrada dos espaços físicos e assegurar o distanciamento físico, a diminuição do tempo livre no campus para evitar partilha de espaços comuns, a definição de novos circuitos e regras de acesso aos espaços, tendo sido melhorada a comunicação visual e sinalética. Foram ainda atualizadas as regras e procedimentos de higienização e limpeza, sendo obrigatório o uso de máscara nos espaços interiores e recomendado o seu uso no exterior.

©2020 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?