JARDIM DE INFÂNCIA DE VILA NOVA TEM CADA VEZ MENOS CRIANÇAS

A situação financeira desfavorável e o envelhecimento da população são problemas bem identificáveis em Portugal. Estas duas circunstâncias têm afetado especialmente o Centro Social de Vila Nova de Sande, que, apesar dos vários esforços, continua a perder crianças no Jardim de Infância, ano após ano.

Anthony Rodrigues, presidente do Centro Social, mostra-se preocupado porque “o que acontece muitas vezes é que as pessoas não conhecem as instalações, que são as melhores no concelho de Guimarães. As crianças acabam o infantário e passam para a escola primária, e não há crianças com 3 anos que consigam compensar as saídas que têm havido”. No último ano o número de crianças no Jardim de Infância caiu de 35 para 22, ou seja, são menos treze a frequentar a instituição. Para o presidente do Centro, este constante decréscimo pode ser explicado, entre outras razões, pelo envelhecimento da população, a ausência de novas habitações na freguesia, a emigração e a conjuntura económica.

O Centro Social de Vila Nova de Sande continua a resistir às adversidades, muito graças ao apoio da Junta de Freguesia e da Câmara Municipal de Guimarães e às várias iniciativas organizadas ao longo do ano, cuja receita reverte para o próprio Centro. Para além das 22 crianças no Jardim de Infância, a instituição conta também com 36 no ATL e ainda 25 no Centro de Estudos.

“Neste momento há duas salas no Jardim de Infância, mas há crianças para apenas uma…”

O constante decréscimo do número de crianças no Jardim de Infância obriga a direção do Centro Social a pensar em alternativas. Anthony Rodrigues explica que “neste momento há duas salas no Jardim de Infância, mas há crianças para apenas uma, ou seja, é possível adaptar a outra sala para outro fim, ou para creche, ou para crianças com necessidades educativas especiais, ou até para outra valência que seja necessária no concelho de Guimarães”. Desta forma, as crianças chegariam mais cedo à instituição, podendo “fazer aqui o percurso até chegarem à escola”, concluiu.

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

©2019 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?