JOSÉ MENDES: “GOSTAVA DE GANHAR UMA ETAPA NA VOLTA”

A Volta regressa às estradas portuguesas na quarta-feira, com um prólogo de seis quilómetros em Viseu e um pelotão de 133 ciclistas. Um deles é o vimaranense José Mendes, detentor da camisola branca listada a verde e vermelho, símbolo de campeão nacional. Sete anos depois da última participação, o corredor, de 34 anos, vai disputar novamente a competição mais popular do calendário velocipédico nacional, pela Sporting Tavira, equipa habituada a discutir a vitória na classificação geral. Companheiro de ciclistas como Tiago Machado, chefe de fila, e Alejandro Marque, vencedor da prova em 2013, José Mendes, dorsal número 76, não “coloca, para já, a fasquia de lutar pela geral”, mas assume o desejo de vencer uma das etapas. “Gostava muito de ganhar uma etapa. Já seria uma boa Volta a Portugal”, salientou, em declarações ao Mais Guimarães.

O traçado previsto para os 1.531 quilómetros de Volta ainda o faz crer mais nessa possibilidade; seis das dez tiradas que se seguem ao prólogo acabam com contagens de montanha. “Isso até me pode beneficiar, porque sou um corredor que se dá melhor nas subidas”, explicou o ciclista de Pevidém, antes de selecionar as etapas da Torre e da Senhora da Graça como aquelas que “se adaptam melhor” às suas características.

José Mendes antecipou, por isso, que todos os candidatos à camisola amarela vão ser testados praticamente dia após dia, tendo-se mostrado pronto a fazer aquilo que a equipa lhe pedir.

Pedro Miguel Lopes estreia-se

O pelotão da Volta conta ainda com outro ciclista de Guimarães, Pedro Miguel Lopes. O atleta, de 20 anos, vai pedalar com o dorsal 154 nas costas, ao serviço da UD Oliveirense/InOutbuild. O corredor já participou, nesta época, no Tour de L’Espoir, nos Camarões, na Volta ao Algarve, na Volta ao Alentejo, na Clássica da Arrábida e no Grande Prémio das Beiras e da Serra da Estrela, onde conseguiu um segundo lugar na classificação da juventude (28.º na geral). O ciclista de Mesão Frio venceu o Grande Prémio do Minho em 2017.

(Ler mais na edição 200 de Mais Guimarães – O Jornal)

 

©2020 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?