LANCE POLÉMICO MARCA DERROTA DO VITÓRIA EM ALVALADE (2-0)

O Vitória saiu derrotado de Alvalade, por duas bolas a zero. Davidson desperdiçou o primeiro lance de perigo do jogo e Raphinha e Luiz Phellype carimbaram o resultado final.

Apesar de uma entrada por cima do Vitória, o ascendente dos primeiros 45 minutos foi para o Sporting, sobretudo no que às oportunidades de golo diz respeito. Logo aos 17 minutos, o ex-Vitória Raphinha rematou com estrondo à barra. A sequência de bolas nos ferros para os leões continuou dois minutos depois, desta vez por Bruno Fernandes. Na direita do ataque leonino e já quase sem ângulo, o internacional português rematou ao poste, com Miguel Silva ainda a tocar e a desviar para canto.

Miguel Silva ia-se tornando na figura do jogo, com uma grande defesa à passagem da meia hora, novamente num lance de Raphinha e, no mesmo minuto, nova bola ao poste, por Luiz Phellype. Por cima no jogo o Sporting, aos 35′, voltou a colocar o guarda-redes do Vitória à prova, com mais uma grande defesa a remate do brasileiro Wendel.

Ao minuto 38, o lance que marcou o encontro e que colocou o Sporting em vantagem. Uma falta de Acuña sobre Rochinha deixou o Vitória a pedir grande penalidade, mas o árbitro deixou seguir e, na sequência, os leões conseguiram fazer o golo, por Raphinha.

O VAR interveio mas, por não considerar ser penálti, não anulou o golo do Sporting. Uma vez que, depois da falta, o Vitória recuperou a bola, o vídeo árbitro não podia intervir caso considerasse livre nesse lance. No entanto, os ânimos exaltaram-se no banco do Vitória, com Flávio Meireles e Moreno a serem expulsos.

No reatar da partida, o Sporting ampliou a vantagem, com golo de Luiz Phellype. Aos 51 minutos, o brasileiro rematou para o segundo da partida, após assistência de Raphinha.

À exceção de um lance na primeira parte, em que Davidson apareceu isolado na cara de Renan, após passe de Ola John, e não conseguiu a receção para fazer o remate, o Vitória não incomodou verdadeiramente o guarda-redes do Sporting.

Três derrotas consecutivas para a formação de Luís Castro, que vê cada vez mais complicadas as contas para chegar ao quinto lugar da classificação.

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

©2020 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?