LUÍS CASTRO: “VAMOS SER AUDAZES MAS SEMPRE EQUILIBRADOS DEFENSIVAMENTE”

O Vitória recebe este domingo o Santa Clara, em jogo a contar para a décima jornada. A partida está agendada para as 15h00 e Luís Castro referiu, em antevisão, que este será mais um teste duro.

“Ainda não conseguimos encontrar, ao longo de toda a época, um teste que não fosse duro. E então antes de acontecerem, ainda mais duros ficam”. Foi desta forma que o técnico do Vitória começou por abordar o jogo com a formação açoriana, apelidada de equipa sensação deste campeonato. “O Santa Clara tem feito um trajeto muito bom, o João Henriques conseguiu, nesta primeira fase do campeonato, bons resultados que animaram a equipa. A equipa vem demonstrando capacidade de finalização e vamos apanhar uma tarefa difícil”, afirmou Luís Castro.

O treinador dos Conquistadores defende que também a sua equipa está a atravessar uma boa fase, encontrando-se num momento estável e a praticar bom futebol. “A nossa equipa está estável, está a jogar bem, está a conseguir, ainda que não na totalidade, aquilo que queríamos, ganhar os jogos que temos pela frente. Vem de um ciclo bom, desde a segunda jornada que isso vem acontecendo, em termos de jogos. Em sete jogos averbamos uma derrota e isso são indicadores positivos embora nós queiramos sempre mais. A nossa ambição é sempre ter mais do que aquilo que temos e é disso que vamos à procura”, revelou.

Acerca dos empates nas duas últimas jornadas, frente a Braga e na deslocação ao Bessa, Luís Castro considera que a “equipa soube ir para eles de forma aberta e desinibida, a demonstrar que queria vencer os jogos”.  “Muitas vezes lançamos os jogos, dizemos que queremos ganhar e depois aparecemos com estratégias mais defensivas mas, quer num jogo quer no outro fomos ousados e fomos ousados de forma a criar oportunidades. No futebol não estão máquinas em campo, estão ser humanos, e o ser humano vivo da sua inspiração e não é por acaso que mesmo os homens que jogam mais perto da área têm fases: é porque o talento está dentro deles mas necessitam da inspiração para passar períodos de maior concretização”, acrescentou.

“A audácia tem de estar sempre dentro de nós. Somos muito ambiciosos. Mas essa audácia não nos pode levar a desequilíbrios defensivos, nós temos de atacar com segurança e esses equilíbrios defensivos são importantes para se atacar bem. Vamos ser audazes mas sempre equilibrados defensivamente”, concluiu Luís Castro, que desvalorizou ainda a ausência de Wakaso, garantindo que tem confiança nos jogadores e que acredita que a sua falta “está resolvida por natureza”.

Célis será, junto com Ola John e Boyd, ausência certa no encontro, tendo contraído uma entorse no treino ontem. O médio foi reavaliado mas confirmou-se o afastamento do jogo frente ao Santa Clara.

 

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

©2018 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?