Luís Soares: “A cultura e a defesa do património é uma das apostas do concelho”

Na noite de ontem, 09 de novembro, decorreu o debate sobre o Orçamento de Estado para a Cultura para o ano 2021. Luís Soares defendeu “continuidade da opção política do financiamento do Centro Internacional de Arte José Guimarães.

No Orçamento de Estado para 2021, a Ministra da Cultural anunciou o reforço do orçamento para apoio às artes, entidades artísticas e artistas, explicando que “será lançado um importante pacote integrado de apoio às artes, com o lançamento dos concursos sustentados”.

Luís Soares, deputado do PS, explicou que “a cultura e a defesa do património é uma das apostas do Concelho de Guimarães e o CIAJG, equipamento construído no âmbito da Capital Europeia da Cultura em 2012, precisa de um financiamento regular do Orçamento do Estado que dê continuidade ao apoio obtido em 2018″, pode ler-se em nota enviada às redações.

Desta forma, o deputado vimaranense, questionou Graça Fonseca sobre se a Oficina, estrutura que gere vários equipamentos culturais em Guimarães, incluindo o CIAJG “pode ter expectativa de ver financiado o Centro Internacional de Artes José Guimarães no âmbito do programa de apoio às artes, programa que será reforçado no âmbito do Orçamento de Estado para 2021″.

A Secretária de Estado da Cultura, Ângela Ferreira, na audição, confirmou ainda que o Ministério da Cultura está a desenvolver o projeto de requalificação da Igreja de Santa Marinha da Costa.

©2021 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?