Marta Mestre é a nova curadora do CIAJG

A curadora Marta Mestre foi hoje, sexta-feira, dia 4 de setembro, apresentada como nova curadora-geral do Centro Internacional das Artes José de Guimarães (CIAJG), na conferência de imprensa de apresentação da programação dos equipamentos culturais da cidade.

Segundo Ricardo Freitas, diretor-executivo de A Oficina, que gere os equipamentos culturais de Guimarães, Marta Mestre foi escolhida entre 26 outros candidatos, todos com “excelentes currículos”.

Marta Mestre vai substituir Nuno Faria, que ocupou o cargo durante seis anos. O antigo curador do CIAJG assumiu a curadoria do Museu da Cidade, no Porto, desde 2019.

O processo com vista à substituição começou em janeiro e acabou por ser mais demorado devido às limitações provocadas pela pandemia.

Natural de Beja e atualmente a residir em Lisboa, Marta Mestre anunciou que irá residir em Guimarães. Para a nova curadora do CIAJG a “proximidade” é fundamental para conhecer e trabalhar com o tecido artístico local.

“Um programa de continuidade mas também de mudança”, tendo sempre como premissa a qualidade internacional, foi a promessa deixada por Marta Mestre.

Licenciada em História da Arte pela Universidade de Lisboa, com mestrado em Cultura e Comunicação/Museologia pela Universidade de Avignon, em França, foi curadora do Instituto Inhotim, em Minas Gerais, curadora-assistente do Museu de Arte Moderna, do Rio de Janeiro, curadora-convidada e professora da Escola de Artes Visuais Parque Lage, também no Rio de Janeiro. Em Portugal, entre outras atividades, foi curadora do Centro de Artes de Sines.

O CIAJG reúne o espólio do artista plástico José de Guimarães e inclui um programa de exposições temporárias de arte contemporânea.

©2020 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?