Ministra da Saúde visita hospital Senhora da Oliveira

Marta Temido, ministra da Saúde, esteve em Guimarães numa visita extraordinária ao hospital Senhora da Oliveira.

© Direitos Reservados

Marta Temido esteve reunida com a administração do hospital vimaranense. Esta visita tem como objetivo tentar perceber de que forma está a ser gerido este momento de pandemia da Covid-19 neste unidade hospitalar.

É de realçar que até ontem, 23 de novembro, o número de infetados por Covid-19 em Guimarães atingiu os 9.703. Houve, assim, um aumento de 779 novos casos a última atualização, uma média diária de, aproximadamente, 195 casos.

Importa referir também que o número de óbitos subiu de 35 para 52, e encontram-se em isolamento 828 pessoas, o que significa que, desde dia 19, estão menos 165 em vigilância ativa. E o número de recuperados subiu para 5.506, ou seja, estão mais 769 pessoas curadas desde os últimos dados fornecidos a 19 de novembro.

O Hospital Senhora da Oliveira continua a aumentar o número de camas em cuidados intensivos para doentes covid-19. Há agora 23 camas e 14 doentes covid-19 internados. Este novo aumento da capacidade de internamento de doentes covid a necessitar de cuidados intensivos fez-se pela ocupação de uma zona de recobro.

No fim de várias visitas feitas ao longo desta quarta-feira em algumas das zonas da região Norte mais afetadas pela pandemia, onde acompanhou o esforço hospitalar da resposta às atividades Covid e não Covid, a ministra da Saúde assegurou que o Serviço Nacional de Saúde (SNS) continua com capacidade de «responder empenhadamente às necessidades assistenciais».

Sem avançar muitas informações sobre as restrições a aplicar na altura do Natal, Marta Temido repetiu a ideia já manifestada por António Costa e Marcelo Rebelo de Sousa de que, este ano, a época natalícia não poderá ser vivida da mesma forma.

©2021 MAIS GUIMARÃES - Super8

Publicidade

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?