Município atribui mais de 300 mil euros a projetos culturais

O executivo municipal deliberou atribuir os subsídios relativos ao primeiro semestre de 2021 na última reunião de Câmara. Mais de 300 mil euros foram atribuídos para atividades, criação, edição, investigação e circulação de projetos culturais.

A Câmara Municipal faz saber que “esta é a primeira vez que o regulamento IMPACTA é aplicado na íntegra, com avaliação das candidaturas das áreas da Criação, Edição, Circulação Nacional e Internacional e Projetos de Investigação, por júri especializados que pontuaram os critérios de avaliação e seriaram as diversas candidaturas nas áreas artísticas”.

Do montante global atribuído, menos de 50% são para atividades e investimento de associações e cerca de 40% são para os apoios nas áreas artísticas abertas para criadores e investigadores individuais.

Acresce a estes momentos um valor de 36 mil euros, para Circulação de projetos culturais na área do Município, até agora denominados Protocolos de descentralização concelhia, consagrados em regulamento para o apoio anual aos grupos de Teatro Amador, Música Popular, Grupos Folclóricos, Grupos Corais e Bandas Filarmónicas.

©2021 MAIS GUIMARÃES - Super8

Publicidade

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?