CarClasse
CarClasse
Novo Campus da Justiça: Ricardo Araújo acusa Governo PS de falhar com Guimarães

Abordando o assunto na reunião do executivo municipal da passada quinta-feira, dia 15 de fevereiro, Ricardo Araújo lembrou que o Governo de maioria socialista "comprometeu-se em 2019, houve avanços e recuos ao longo destes anos, mas a verdade é que todos os compromissos, todas as promessas do atual Governo com Guimarães relativamente ao novo Campus da Justiça falharam".

© Mais Guimarães

O também líder do PSD de Guimarães, Ricardo Araújo, considerou que “só há uma conclusão a tirar do interminável atraso na construção do Campus da Justiça, sucessivamente prometido e adiado, sem que ainda nada tenha saído do papel. A conclusão óbvia é que o Governo do PS falhou com Guimarães”.

O vereador reclamou que “Guimarães merece um espaço em que a Justiça possa ser acedida e funcione condignamente para todos, sobretudo num tempo de grande exigência para as pessoas e que evite que o nosso concelho possa ver-se livre das ameaças de perder competências neste importante domínio judiciário”.

Recorde-se que, este atraso na construção do novo Campus da Justiça de Guimarães tornou-se ainda mais polémico quando, em abril de 2023, foi notícia que, a Comarca de Braga defendeu “transferência integral” do Juízo Central Criminal de Guimarães para Famalicão.

Por isso, considerou Ricardo Araújo, “É absolutamente fundamental que Guimarães tenha efetivamente um novo Campos de Justiça a funcionar em pleno, mas a verdade é que ao fim de oito anos de Governo do PS, apesar das muitas promessas, nada foi cumprido, não temos uma única pedra colocada no terreno e tudo continua adiado”, condenou o líder da concelhia laranja.

Ricardo Araújo lembrou que, neste processo a Câmara Municipal “fez o seu papel e disponibilizou terrenos para a edificação da nova infraestrutura”, mas o “Governo do PS andou muito mal, falhou rotundamente com Guimarães e só merece o nosso profundo descontentamento e censura”, concluiu.

Na resposta, Domingos Bragança disse que “O Governo não tem feito no tempo que achamos que é justo e merecido” por Guimarães relativamente ao novo Campus da Justiça.

O presidente da Câmara Municipal reafirmou que na tutela “Têm dito que cumprirão os compromissos assumidos”, esperando, o edil vimaranense, que “a todo o momento esta obra vá a concurso”.

Domingos Bragança defendeu ainda que todas as valências judiciais existentes em Guimarães são para “continuar e para aumentar”.

PUBLICIDADE

Arcol

Partilhar

PUBLICIDADE

Ribeiro & Ribeiro
Instagram

JORNAL

Tem alguma ideia ou projeto?

Websites - Lojas Online - Marketing Digital - Gestão de Redes Sociais

MAIS EM GUIMARÃES