Novo Centro de Saúde vai nascer em Moreira de Cónegos

O contrato-programa para a construção do novo Centro de Saúde de Moreira de Cónegos foi aprovado na reunião de câmara desta segunda-feira, 22 de março. Domingos Bragança espera que a obra venha a beneficiar de fundos europeus, ao abrigo do Programa Operacional Regional do Norte (NORTE 2020), numa comparticipação de 85% do valor total.

Do acordo a estabelecer entre o Município de Guimarães e a Administração Regional de Saúde do Norte resultará na cooperação entre as partes para a realização das obras de construção da Unidade de Saúde de Moreira de Cónegos, que se localizará no Lugar de Aviascos. O Município assume um investimento de perto de um milhão e trezentos mil euros.

A Câmara Municipal de Guimarães compromete-se a disponibilizar os terrenos, de propriedade municipal, com a área total de 11.644 m2 para a construção do edifício onde será instalada esta unidade de prestação de cuidados de saúde.

Fica responsável pela elaboração do projeto de execução da obra, suportando as respetivas despesas que se estimam em 40 mil euros, também em promover a execução da empreitada de construção, que se estima em cerca de milhão e duzentos mil euros.

O Município assume também apetrechar a nova Unidade de Saúde de Moreira de Cónegos com o equipamento constante da lista fornecida pela ARS Norte, no valor estimado de 57 mil euros.

No final da reunião de câmara, Domingos Bragança, explicou aos jornalistas que, na base deste contrato-programa, está uma proposta apresentada pela Câmara Municipal, aprovada em 20 de julho de 2018 em Assembleia Municipal, com vista à celebração de um protocolo tripartido entre o Município de Guimarães, a ARS Norte, I.P. e Hospital Senhora da Oliveira, a ser homologado pelo Ministério da Saúde.

O protocolo em causa previa uma comparticipação municipal ao Hospital Senhora da Oliveira, até ao montante de 1,15 milhões de euros, destinada a obras de adaptação e requalificação da Urgência daquele Hospital, bem como a assunção da construção da nova unidade de saúde de Moreira de Cónegos pelo Ministério da Saúde, a promover pela ARS Norte, em terrenos de propriedade municipal.

Domingos Bragança referiu que não foi necessário consumar a assinatura do protocolo, uma vez que resolvidos os problemas das instalações da urgência do Hospital Senhora da Oliveira por parte do Ministério da Saúde, entendeu a ARS Norte propor a celebração de um contrato-programa que resolvesse a questão que tinha ficado pendente, isto é, a construção de uma Unidade de Saúde em Moreira de Cónegos.

Domingos Bragança frisou que “o contrato-programa aprovado vai permitir a construção de uma estrutura muito importante e necessária em Moreira de Cónegos, dada a localização geográfica da vila e o conjunto de população que servirá”.

O Edil disse ainda que o Ministério da Saúde terá a responsabilidade de fazer com que esta Unidade de Saúde seja um centro de referência na prestação de cuidados de saúde, garantindo à população cuidados de alta qualidade”.

©2021 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?