OS DIAS QUE FAZEM MARÇO

por ISABEL RIBEIRO

Educadora de Infância

Março é um mês recheado de dias especiais. São muitas as datas a celebrar. Umas mais especiais que outras, naturalmente. Cada um atribui a importância que acha que cada um destes dias tem para si.

Se para alguns o Dia da Mulher é uma data cheia de significado, pela conquista de Direitos que as Mulheres têm conseguido num mundo feito essencialmente à imagem do «Homem», outros suspiram de alívio pela chegada da Primavera. Finalmente, os dias mais curtos e cinzentos vão desaparecendo e, supostamente, ganham mais cor e luz, provocando um bem-estar crescente. Quando somos brindados com um dia esplendoroso de Primavera, cheio de sol e uma temperatura amena, ficamos deveras mais felizes. Tudo corre melhor. E Março tem o condão de ser o prelúdio para os dias bons que aí vêm. Pelo menos no calendário, porque, agora, anda tudo trocado. Infelizmente, já não sabemos com o que podemos contar.

Mas, voltando aos dias que preenchem Março, há uma outra data que tem um lugar de destaque: o Dia do Pai, para muitos a data mais importante de Março. Decorrente da minha experiência profissional, permitam-me debruçar-me mais sobre esta data. Naturalmente que este Dia é vivido no Infantário com bastante intensidade pois, as crianças, têm muito orgulho e satisfação em preparar pequenos miminhos para esse Homem especial que é o Pai. É, de facto, com muito carinho, que todos se empenham em preparar uma pequena surpresa para o seu «grande amigo» que é convidado a vir ao infantário para celebrar esta data.

Estou consciente das dúvidas que este tipo de celebrações tem vindo a levantar, pois, nem sempre, os pais têm a possibilidade ou disponibilidade para participar nestes eventos promovidos pelos infantários e escolas. No entanto, ao longo da sua vida, as crianças irão deparar-se com muitas contrariedades que vão ter que conseguir ultrapassar. Se conversarem com elas e explicarem o porquê de não estarem presentes, elas vão aceitar melhor. Naturalmente que preferem ter os pais presentes na «Festa do Dia do Pai». É indiscutível este facto. Já são muitos os Dias do Pai que passaram por mim e, posso afirmar sem qualquer dúvida, que é sempre com um grande sorriso nos lábios e o coração cheio de amor, que os filhos recebem os Pais. Sentem um orgulho enorme em estar com o «pai» e em mostrar o «seu pai» aos outros amigos. E sabem que mais? Dirijo-me agora aos leitores que são pais: aproveitem bem esta adoração que há no vosso relacionamento…nestas idades, os vossos filhos ainda vos consideram os seus heróis, não há ninguém melhor que «O meu Pai…».

O pior é que eles crescem…e vão sendo mais comedidos na demonstração de afectos. Por isso, caros pais que me estão a ler neste momento, aproveitem bem estes momentos com os vossos filhos, seja em dias especiais, como no Dia do Pai, seja em todos os outros dias. E, claro, esta dica também é para os filhos, que, muitas vezes, ignoram o quanto é precioso ter um pai! Infelizmente, só quando ficamos sem ele é que nos damos conta do vazio que a sua ausência deixa na nossa vida. Cada vez mais tenho a certeza que estar com aqueles de quem mais gostamos é o mais importante. Usufruir da companhia dos que nos querem bem e a quem também nós queremos bem é uma boa maneira de preencher estes dias que fazem Março. E claro, não poderia deixar de terminar este meu texto, sem a tradicional frase de circunstância “Um feliz Dia do Pai para todos os Pais!”

 

 

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

©2018 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?