PAN Guimarães alerta para “falta de segurança” na rua Moura Machado

Em nota enviada às redações, a Comissão Política Concelhia do PAN, Pessoas-Animais-Natureza, de Guimarães, denuncia a “falta de segurança para moradores e peões” na via entre a principal rotunda no centro de Azurém e que segue para S. Torcato.

© PAN Guimarães

Segundo a nota, numa zona em que as casas do lado direito estão na freguesia de Azurém e as do lado esquerdo já pertencem à freguesia de Pencelo “além de ser uma zona com pouca visibilidade em ambos os sentidos, os passeios, sobretudo os do lado direito, são muito estreitos, pelo que andar a pé é muito perigoso. A largura não chega a ter 40 cm, de modo que não passa um carrinho de bebé ou uma cadeira de rodas, e quem levar sacos na mão tem de caminhar de lado”.

Numa rua “muito movimentada”, para o PAN “tirar os carros da garagem é uma manobra muito perigosa, por causa da reduzida visibilidade, intensidade de tráfego e velocidade dos carros”. “Só por milagre”, refere Rui Rocha, porta-voz do PAN Guimarães, “ainda não morreu ninguém neste sítio”.

O PAN adianta ainda que os serviços da CM de Guimarães e o presidente da Junta de Freguesia de Azurém “há muito que foram alertados para a falta de segurança neste ponto, mas até hoje nada foi feito. Não há qualquer sinalização, semáforo ou obstáculo que regule ou iniba a velocidade dos carros”.

©2021 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?