Para votar não será preciso certificado digital nem teste negativo

As recomendações da DGS não obrigam eleitores ou membros de mesa a apresentar certificado digital ou a realizar testes à covid-19. A notícia foi avançada, esta manhã, pelo jornal ECO.

“Legalmente não se pode exigir” aos cidadãos eleitores “que apresentem o respetivo certificado digital ou teste negativo à covid-19 para votarem”, explicou fonte oficial do MAI ao ECO.

O Governo já anunciou que o custo estimado para este ato eleitoral ronda os 10,5 milhões de euros. Será distribuído álcool gel, assim como máscaras de proteção.

O número de eleitores de secção de voto foi reduzido de mil para 750, havendo, em setembro, mais 3.625 secções do que nas presidenciais.

©2021 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?