PASSAGEM DE ANO EM GUIMARÃES: TRÊS PALCOS E MUITA MÚSICA

©CMG

Este ano, ao habitual programa juntar-se-á um terceiro palco, localizado no Largo da Misericórdia, com o objetivo de tornar mais confortável o usufruto das ruas do Centro Histórico, com mais espaço de circulação e animação preparada para a noite de passagem de ano. As três praças do Centro Histórico servirão de palco para a tradicional oferta desta noite em Guimarães.

A festa, promovida pela Câmara Municipal, com apoio dos bares e restaurantes do Centro Histórico, começará pelas 22h00, na torre da Igreja da Oliveira e contará, como habitual, com uma rubrica que percorre as imagens de baú da música vintage, entre telediscos, genéricos e imagens de filmes musicais. Pouco depois, inicia-se a animação com DJ’s no Largo da Misericórdia. DJ’s Jorge Reyna e Tiago TT irão animar a Praça de S. Tiago e Largo da Oliveira. No Largo da Misericórdia atuam “The Fucking Bastards” e “Meninos da Favela”.

Os três minutos finais que antecedem 2020, serão preenchidos por um efusivo festival de criatividade, repleto de imagens e ritmos que compõem a arquitetura visual do espetáculo de video mapping, transposto na torre da Igreja da Oliveira, e replicado num ecrã gigante na Praça de S. Tiago. A contagem decrescente no Largo da Misericórdia ficará a cabo dos artistas da noite, com o Live Act de “The Fucking Bastards”. 

Após a meia-noite, os festejos no Centro Histórico de Guimarães serão acompanhados pela sonoridade de DJ’s vimaranenses, imprimindo um ambiente de animação e cor.

Segundo as previsões do IPMA, no último dia do ano, as temperaturas vão oscilar entre os 16º e os 2.º graus.

Num dia com poucas nuvens, a temperatura vai baixar à noite. Depois de alguns dias com temperaturas acima da média, as temperaturas vão voltar à normalidade para esta época do ano. “Não haverá chuva, será tempo seco e pelo menos até dia 2 de Janeiro não se prevê ocorrência de precipitação. Por estes dias as temperaturas ainda estão acima da média, mas a partir de domingo vão descer gradualmente”, explicou a meteorologista Madalena Rodrigues ao jornal Público.

©2020 MAIS GUIMARÃES - Super8

SUBSCRIÇÃO GRÁTIS

RECEBA O JORNAL MAIS GUIMARÃES

NO SEU EMAIL

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?