PEDRO MARTINS ADMITE QUE TRIUNFO DEVE RECAIR NA EQUIPA QUE MELHOR SE ADAPTE AO TEMPO

O técnico vitoriano antecipou que a equipa que melhor se adaptar à chuva que se deve fazer sentir na sexta-feira, pelas 20:30, no Estádio Capital do Móvel, em Paços de Ferreira, tem mais hipóteses de vencer, prometendo, no entanto, uma equipa que joga sempre com a meta de conquistar os três pontos e que vai procurar manter o registo até agora alcançado fora de casa (22 pontos em 10 jogos).

O líder da equipa principal do Vitória reconheceu, na antevisão ao duelo com os pacenses, que abre a 20.ª jornada da Primeira Liga, que as “condições atmosféricas” vão “adulterar” o jogo que cada uma das equipas vai fazer, apesar de esperar que o seu conjunto apresente uma “postura” semelhante aos jogos anteriores, com os “olhos” nos três pontos.

“Provavelmente as condições atmosféricas, com muita chuva, vão adulterar as características quer de uma, quer de outra equipa. Quem se adaptar mais rapidamente às condições do terreno e às atmosféricas tem mais probabilidades de vencer”, anteviu.

Pedro Martins classificou ainda a formação orientada por Vasco Seabra como um “adversário tradicionalmente difícil” que está “numa situação pouco normal” (15.º lugar, com 17 pontos), mas, até agora, em casa, somou”apenas duas derrotas” em casa, com o Sporting (1-0) e o Moreirense (2-0), tendo empatado “recentemente” com um “candidato ao título” – FC Porto (0-0).

O técnico elogiou ainda o “trabalho fantástico” até agora protagonizado pelos jogadores nos encontros longe do D. Afonso Henriques até agora disputados – o Vitória é a melhor equipa da Liga, com 22 pontos, a par do Benfica, que comanda a prova – e, apesar de ter dito que os pontos fora e em casa valem o mesmo, quer somar mais pontos em Guimarães no que resta da segunda volta.

 

 

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

©2018 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?