PERITOS MUNDIAIS EM DOENÇA CARDIOVASCULAR REÚNEM-SE EM GUIMARÃES

Apresentação do Congresso Internacional da Artery Society em conferência de imprensa a realizar na próxima terça-feira, 09 de outubro, às 11h00, no Salão Nobre da Câmara Municipal de Guimarães.

 

 

 

Congresso organizado pela Escola de Medicina da Universidade do Minho e o Centro para a Investigação e Tratamento de Hipertensão Arterial e Risco Cardiovascular do Serviço de Medicina Interna – Hospital de Guimarães – com o apoio da Câmara Municipal de Guimarães, reúne duas dezenas de preletores estrangeiros no Centro Cultural Vila Flor, entre os dias 18 e 20 de outubro, para o Congresso Internacional da Artery Society.

Esta é a 18.ª reunião da Artery Society, sendo a primeira vez que se realiza na Península Ibérica, centrando todos os aspetos da estrutura e função arterial e suas repercussões em saúde pública, nomeadamente na doença cardiovascular, primeira causa de morte em Portugal e no mundo. A ARTERY Society (Association for Research into Arterial Structure and Physiology) promove o avanço do conhecimento e disseminação da informação respeitantes à patofisiologia, farmacologia, epidemiologia, deteção, investigação e tratamento da estrutura e função arteriais.

O Congresso juntará, como habitualmente, 300 a 400 médicos e cientistas de todo o mundo, para participarem num conjunto de conferências, debates, apresentações técnicas e discussão de trabalhos científicos, decorrendo em três dias, promovendo uma ampla interação científica e intercâmbio de conhecimento e oportunidades de Investigação e transformando a Cidade anfitriã num polo aglutinador dos mais recentes avanços da Ciência nesta área.

A candidatura de Guimarães foi a vencedora do concurso a que acorreram outras cidades do mundo, tendo o resultado sido anunciado durante a penúltima reunião da ARTERY Society, em Copenhaga (2016). Guimarães juntar-se-á assim ao restrito lote de 14 cidades europeias que acolheram o congresso nos últimos 20 anos, sendo a primeira vez que se realizará na Península Ibérica.

A escolha de Guimarães para este encontro em muito se deve ao facto da Unidade de Hipertensão e Risco Cardiovascular do Serviço de Medicina Interna do CHAA ter sido distinguida como Centro de Excelência Europeu pela Sociedade Europeia de Hipertensão (SEH). Guimarães obteve o primeiro Centro Nacional de receber esta distinção, que em Portugal só foi atribuída a dois outros centros (Lisboa e Porto).

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

©2018 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?