PINTO BRASIL TEM DIFICULDADE EM CONTRATAR

Na passada segunda-feira, dia 01 de abril, o deputado do PSD, Emídio Guerreiro, visitou as instalações da unidade fabril da Pinto Brasil SGPS. A empresa queixa-se de dificuldades para encontrar mão de obra com formação profissional adequada.

Localizada no Parque Industrial Gandarela-Guardizela, a Pinto Brasil dedica-se à metalomecânica, com uma forte especialização na industria automóvel. Nesta área a empresa é fornecedora de algumas das empresas líderes do sector a nível mundial.

A Pinto Brasil emprega cerca de 250 pessoas, das quais 40 são engenheiros que asseguram um centro de investigação de desenvolvimento e inovação do produto que é a base do sucesso da empresa.

Os responsáveis da empresa aproveitaram a visita do deputado Emídio Guerreiro para chamar a atenção para dois constrangimentos que estão a limitar o desenvolvimento da Pinto Brasil: o acesso à zona empresarial deficiente e a dificuldade em recrutar trabalhadores com formação profissional adequada.

Emídio Guerreiro lembra que “o acesso à zona empresarial já foi alvo de múltiplas promessas mas ainda não teve qualquer intervenção.” Relativamente à dificuldade de recrutar trabalhadores, o deputado do PSD faz uma análise contundente: “apesar dos milhões que se investem na formação profissional, esta continua a andar longe das necessidades das empresas do concelho.” O deputado aponta para o caso de concelhos vizinhos em que os centros de formação têm protocolos com os grandes empregadores no sentido de oferecerem formação profissional adequada às suas necessidades.

Emídio Guerreiro lembra que esta é uma empresa que tem unidades em outros concelhos e que, “estas são matérias importantes para o desenvolvimento económico do concelho que devem ser ponderadas por quem gere o município há três décadas.”

©2020 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?