PLANO DE ATIVIDADES E ORÇAMENTO PARA 2020 APROVADO

Documentos receberam parecer favorável do PS, ao passo que a coligação Juntos por Guimarães preferiu a abstenção. “É uma evolução no sentido de voto”, disse Bruno Fernandes.

© Mais Guimarães

O Executivo Municipal de Guimarães aprovou, na manhã desta quinta-feira em reunião camarária, a proposta para as opções do Plano e Orçamento para 2020, o Plano Plurianual de Investimentos, o Plano de Atividades e o Orçamento Municipal para o ano de 2020, Regulamento de Execução Orçamental, Mapa de Pessoal 2020 e Orçamento das Entidades Participadas. O orçamento tem o valor de mais de 116.500 milhões de euros. Os documentos foram aprovados com a votação do Partido Socialista, sendo que a oposição optou pela abstenção.

Nas palavras de Bruno Fernandes, da coligação Juntos Por Guimarães (PSD e CDS-PP), a abstenção representa “uma evolução no sentido de voto”. A oposição reconheceu o “investimento positivo” e sublinhou “os projetos de intervenção nas freguesias”, mas reforçou “a divergência em matérias fundamentais”, principalmente no que diz respeito “ao desenvolvimento económico” e no modelo “de gestão do concelho”. Bruno Fernandes disse ao Mais Guimarães que a coligação “mantém a divergência”. A abstenção não significa “concordância” total, mas antes “parcial”, já que, de acordo com o vereador Bruno Fernandes, os documentos incluem “projetos com os quais a coligação concorda” e se bate “há muito tempo”.

©2020 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?