“PÓVOA iNOVA” pretende captar investimento e criar uma cultura de inovação no concelho

O Centro Póvoa Empresas foi palco, esta sexta-feira, 8 de abril , da apresentação pública da estratégia de empreendedorismo e desenvolvimento empresarial local para este ano.

© Direitos Reservados

Sob o mote da inovação, o presidente da autarquia, Aires Pereira apresentou o novo site “PÓVOA iNOVA” criado em parceria com a ESMAD, através do qual “os investidores podem consultar as vantagens e incentivos fiscais para fixar o seu negócio no concelho. Em paralelo, os empresários poveiros podem agendar apoio especializado para acesso a financiamento ou inscrever-se nos eventos de networking e ações de capacitação”, refere o município em comunicado.

Através deste site, é possível também aceder às novas modalidades de incubação virtual ou pré-incubação, destinadas a nómadas digitais ou jovens empresários que querem transformar uma ideia em modelo de negócio, e agendar visita aos novos espaços disponíveis do Centro Póvoa Empresas que passam agora a estar ao dispor dos empreendedores poveiros (como é o caso da pop-up store).

Para Aires Pereira, “os empreendedores enfrentam, atualmente, uma era extremamente volátil, que representa novos desafios e exigências à escala global” e, por essa razão, “a autarquia quer captar investimento e criar uma cultura de inovação, que consiga atrair e fixar no nosso concelho ideias transformadoras e talentos visionários”, materializando os compromissos definidos no Plano Estratégico 2020-2030.

Desta forma, o presidente da Câmara decidiu formalizar o interesse em abrir no Centro Póvoa Empresas o Espaço Empresa, promovido pela Agência para a Competitividade e Inovação – IAPMEI.

A terminar a sua intervenção, Aires Pereira destacou os cinco projetos-chave de inovação empresarial que a Câmara Municipal pretende colocar em prática ainda este ano: uma parceria universitária internacional, um programa académico para um concurso de promoção de ideias de inovação, a conclusão da certificação do Centro Póvoa Empresas enquanto incubadora nacional e, por fim, projetos ligados à exploração do sargaço e à inovação agrícola e agro-alimentar, com vista a trazer mais valor para dois dos nossos setores fundamentais do concelho – o Mar e a Horticultura.

©2022 MAIS GUIMARÃES - Super8

Publicidade

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?