PROJETO I9G: “MOMENTO SINGULAR NA ECONOMIA PORTUGUESA”

Uma Academia Industrial é o grande objetivo do projeto I9G, apresentado esta manhã no Salão Nobre da Câmara Municipal de Guimarães, que contou com a presença do presidente da autarquia, Domingos Bragança, do Ministro Adjunto e da Economia, Pedro Siza Vieira, e do reitor da Universidade do Minho, Rui Vieira de Castro. Ricardo Costa, vereador responsável pelo pelouro do Desenvolvimento Económico, encarregou-se da apresentação do I9G.

Rui Vieira da Castro referiu que a universidade quer “vincar o desenvolvimento das pessoas, do país”. “Desde a criação da universidade este compromisso de aproximação com o desenvolvimento económico foi assumido. Faz parte do nosso modo de ser a busca do desenvolvimento do nosso país. Esta parceria simboliza o convergir os interesses da economia, das autoridades governamentais e da própria universidade. Estamos convictos que este é um passo importantíssimo. Este ato hoje formalizado vai ter desenvolvimentos muito significativos”, apontou.

Domingos Bragança disse que “este projeto vai ter de ser muito trabalhado com o governo”. “Sr. Ministro, o que ambicionamos não são caminhos fáceis. São ambições que sabemos que vão encontrar dificuldades, mas com o apoio de todos os interessados damos as mãos, trabalhamos e conseguimos”, apontou.

O presidente da autarquia vimaranense sublinhou que “ninguém pode substituir os empresários”, mas que cabe ao governo central, local e à universidade ajudar a “superar este desafio”.

Siza Vieira, que tem um forte ligação à indústria têxtil, destacou “a oportunidade para testemunhar este grande entendimento”. “Guimarães é uma cidade pujante do ponto de vista económico, cidade dinâmica, fortemente exportadora. Este evento é importante porque associa a indústria ao município e a universidade. É importante ver como um município assume um protagonismo no desenvolvimento económico. Guimarães é uma referencia mundial. Mais uma vez Guimarães é pioneira. É um momento singular na economia portuguesa”, concluiu.

O projeto I9G pretende atuar em dimensões como investigação, o desenvolvimento e a inovação, o potencial humano, capacidade produtiva e na propriedade industrial. Este é um projeto que espera um investimento de 200 milhões de euros de fundos comunitários.

O espaço para a Academia Industrial já está definido pela Câmara Municipal e será em Pevidém. A aquisição do edifício representa um investimento de 800 mil euros.

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

©2019 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?