PROPOSTA DE ORÇAMENTO DE ESTADO PARA 2020: PREVISTOS QUASE 29 MILHÕES PARA GUIMARÃES

© Mais Guimarães

É de 28,988 milhões de euros o montante previsto para Guimarães, de acordo com o Mapa XXI, relativo à transferência para os municípios, inserido na Proposta de Orçamento de Estado para 2020. Quer isto dizer que, comparativamente com o ano passado, o município terá mais 1,5 milhões no que diz respeito à participação dos municípios nos impostos do Estado. A informação está disponível para consulta no site da Direção Geral do Orçamento, que contempla ainda o Mapa XX, onde se podem ler os valores destinados às freguesias. Vamos por partes.

O distrito de Braga deverá receber quase 201 milhões de euros em transferências. A maior transferência segue para Barcelos, com mais de 30 milhões. O segundo município com a verba mais alta é mesmo Guimarães, com o valor atrás referido. Para Vila Nova de Famalicão prevê-se a transferência de quase 24,5 milhões, acima do Município de Braga, com 24,125 milhões. No final da lista, tanto o Município de Amares como o de Vizela deverão receber pouco mais de 6 milhões cada.

No que diz respeito às transferências para as freguesias, a maior fatia do montante está destinada para a União de Freguesias de Oliveira, São Paio e São Sebastião: está prevista a transferência de 108 mil euros. Seguem-se-lhe a União de Freguesias de Airão Santa Maria, Airão São João e Vermil (96 mil euros) e Azurém (93 mil euros). Nas vilas vimaranenses, a que deverá receber a quantia mais elevada é a de Moreira de Cónegos (72 mil), seguida de São Jorge de Selho (68 mil) Ponte (67 mil), Lordelo e Brito (62 e 61 mil euros, respetivamente). Abaixo dos 60 mil encontram-se as vilas de Ronfe, com 59 mil euros previstos, Serzedelo, na ordem dos 58 mil, Caldelas e São Torcato — 57 mil e 53 mil, respetivamente.

Quanto às restantes freguesias, e no intervalo entre os 80 mil e os 90 mil euros, encontram-se a União de Freguesias de Souto Santa Maria, Souto São Salvador e Gondomar (89 mil euros), União de Freguesias de Leitões, Oleiros e Figueiredo (88 mil euros), Creixomil (87 mil euros). Prevêem-se ainda 79 mil euros para a União de Freguesias de Vila Nova e Sande São Clemente, 75 mil euros para Abação e Gémeos e quase 74 mil para Atães e Rendufe. A menor quantia é a prevista para Aldão: quase 29 mil euros. Pode consultar a lista completa aqui.

©2022 MAIS GUIMARÃES - Super8

Publicidade

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?