Queimas e queimadas voltam a ser permitidas, mas com regras

A realização de Queimas e Queimadas no concelho de Guimarães volta a ser permitida, a partir desta quinta-feira, 01 de abril, seguindo as orientações do Serviço Municipal de Proteção Civil (SMPC) e do Gabinete Técnico Florestal (GTF).

Foto: DR

Todas as Queimas e Queimadas devem ser registadas e comunicadas através da plataforma online criada pelo Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas, e gerida territorialmente pelo respetivo Gabinete Técnico Florestal.

Para a gestão da plataforma é analisado, permanentemente, o risco meteorológico, a probabilidade da queima ou queimada gerar incêndio rural/florestal e o número de incêndios nos últimos 15 dias, bem como tem em consideração as recomendações da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil, do Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas e do Instituto Português do Mar e da Atmosfera.

O SMPC e o GTF alertam para os perigos associados à realização de Queimas de Amontoados pelo que estas devem ser realizadas em segurança, considerando para tal as seguintes recomendações:

  • Quando fazer:
    • Não queime com tempo quente e seco ou com vento;
    • Escolha dias nublados e húmidos;
    • Leve sempre telemóvel para dar o alerta em caso de incêndio;
    • Evite fazer queima sozinho.
  • Como fazer:
    • Afaste o amontoado a queimar de outras vegetações;
    • Limpe e molhe uma faixa de vegetação à volta do amontoado;
    • Tenha água ou mangueira junto ao local;
    • Queime amontoados de pequenas dimensões e pouco a pouco;
    • Mantenha-se atento e vigilante e nunca abandone o local;
    • Tenha atenção ao vento e proteja-se do fumo;
    • Se a queima ficar descontrolada mantenha-se em segurança e ligue 112.
  • Como apagar:
    • Revire os sobrantes para confirmar se existem chamas;
    • Molhe bem o local ou coloque terra por cima;
    • Garanta que não existe fumo a sair das cinzas.

©2021 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?