Realizadora de “Listen” contesta decisão da Academia de Hollywood

Depois do anúncio da Academia de Cinema de Hollywood, de rejeitar o filme “Listen”, produzido por Rodrigo Areias, Ana Rocha de Sousa vai contestar a decisão.

A realizadora de “Listen”, Ana Rocha de Sousa, considera-se uma pessoa “de causas, uma lutadora pela justiça”, achando “inacreditável” a decisão tomada pela Academia.

“O que é mais importante? Contabilizarmos matematicamente a língua falada num filme ou a causa que esse filme verdadeiramente expõe e dá a conhecer?”, questiona Ana Rocha de Sousa, em entrevista à RTP. “Neste caso, ainda por cima, a língua é forçosamente aquela”, justifica.

Apesar de não saber se ainda vai a tempo de mudar esta regra, a realizadora garante que não vai “ficar quieta”.

Recorde-se que a Academia de Cinema de Hollywood rejeitou a candidatura portuguesa do filme “Listen” para os Óscares, por este não ser falado, pelo menos em 50%, em português.

O filme “Listen” é falado em inglês, em português e em língua gestual e foi o selecionado numa escolha entre quatro filmes portugueses propostos: “Listen”, de Ana Rocha de Sousa, “Mosquito”, de João Nuno Pinto, “Patrick”, de Gonçalo Waddington, e “Vitalina Varela”, de Pedro Costa.

Estes três últimos filmes voltaram a ser colocados à escolha, numa votação que está a decorrer até às 23h59 de domingo, dia 20 de dezembro.

©2021 MAIS GUIMARÃES - Super8

Publicidade

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?