SEMPRE EM PROL DE POLVOREIRA

por AGOSTINHO FREITAS

A minha candidatura às eleições autárquicas 2013 vem duma proposta elaborada em 2009. Nessa altura fazia parte do executivo como Secretário e, por limite de mandatos, o Presidente não poderia recandidatar-se. Foi então que, depois de analisada a situação, a escolha para a sua sucessão passaria pela minha pessoa.

Como já fazia parte da equipa desde 1993, passando pelo cargo de Tesoureiro, depois como Secretário, teria conhecimentos suficientes sobre a freguesia e à partida seria a pessoa mais bem colocada para a candidatura.

Se até 2013, o executivo do qual me orgulho de ter feito parte, uma vez que foi durante os últimos mandatos que a Freguesia se desenvolveu, com a minha colaboração, mas acima de tudo com a responsabilidade da pessoa que chefiava a equipa.

Nesses mandatos foram trabalhadas todas as áreas exigidas numa freguesia: – Urbanismo (pavimentação de 90% das ruas existentes), educação (eliminação de duas escolas construindo de raiz edifício para substituir as anteriores), social (implementação de ATL, Centro de Dia e Lar de Idosos e ainda o projeto adiantado de hospital de cuidados continuados), ambiente (colocação de equipamentos para recolha de lixo doméstico e recolha de lixo porta a porta) cultural (Federar o Grupo Folclórico),  desportiva (apoiar a Arcov, G.D. Valinha e União Desportiva de Polvoreira quando em 2003 esteve prestes a fechar portas), toponímia (atribuição de nomes e número de polícia às 90 ruas existentes) entre outros.

Então, impunha-se a necessidade de dar continuidade. Fazer algo no sentido de manter o que de bom tinha sido feito e fazer algo para que a Freguesia se desenvolvesse. Acima de tudo mostrar aos cidadãos eleitores que tinham alguém à altura de resolver os problemas da Freguesia.

Efetivamente, chegamos à conclusão que ser Presidente não é bem a mesma coisa. Trata-se de uma responsabilidade acrescida, que se assume perante os eleitores que no dia a dia querem respostas no terreno. É o que temos vindo a fazer em conjunto com a equipa de trabalho,  que me rodeia, membros do executivo e Assembleia com os quais conto, e espero até final do mandato cumprir o que está previsto, embora saibamos que nem sempre é possível.

Temos um programa eleitoral para 4 anos e através do mesmo procuramos satisfazer as necessidades da população, colaborar de várias formas com as nossas Associações e escolas, tentando sempre arranjar as melhores soluções junto do Município para a concretização dos projetos que fazem parte do programa, aproveitando todas as oportunidades sempre em benefício da Freguesia. O Município  muito tem colaborado na concretização desses projetos, com os meios necessários, pois, sem essa ajuda seria impossível a concretização dos vários projetos previstos para a freguesia.

©2019 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?