Teresa Salgueiro com a Orquestra de Guimarães marca os 15 anos do Centro Cultural Vila Flor

A mesma voz e o mesmo palco reencontram-se, 15 anos depois. Teresa Salgueiro volta a subir ao palco do Centro Cultural Vila Flor, agora na companhia da Orquestra de Guimarães, dia 12 de setembro às 21h30, com entrada gratuita.

Quinze anos após a abertura, a voz que inaugurou o CCVF – a de Teresa Salgueiro – regressa ao mesmo palco para novo momento singular, desta vez acompanhada pela Orquestra de Guimarães, nascida do processo de crescimento artístico decorrido ao longo deste arco temporal no território.

Por altura da referida inauguração, Teresa Salgueiro era a vocalista dos Madredeus, projeto singular na história recente da música portuguesa. Essa singularidade resulta não apenas do cruzamento de géneros – como a música de câmara e o fado, mas igualmente pela voz da própria. Em várias entrevistas, Pedro Ayres Magalhães, que criou o projeto em 1986, assumiu que a composição, escrita e arranjo da música dos Madredeus era feita especificamente para a voz de Teresa Salgueiro. Nos anos seguintes o coletivo conseguiu uma projeção internacional ímpar, levando a lusofonia pelo mundo inteiro.  

Em 2005, a 17 de setembro, os Madredeus passariam pelo Centro Cultural Vila Flor neste momento tão especial e determinante como foi a inauguração deste espaço, que se assumiu como chave para o trajeto d’A Oficina e da cidade no domínio da cultura.

Teresa Salgueiro, agora a solo, regressa a este palco num concerto único, trabalhado com a Orquestra de Guimarães, em celebração dos 15 anos do CCVF. Este concerto é uma coprodução d’A Oficina e da Câmara Municipal de Guimarães, sendo a entrada gratuita. Os bilhetes poderão ser levantados no dia do espetáculo, durante o horário de funcionamento da bilheteira do Centro Cultural Vila Flor, sendo este levantamento limitado a dois bilhetes por pessoa.

©2020 MAIS GUIMARÃES - Super8

Publicidade

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?