Torcato Ribeiro é o candidato da CDU à Assembleia Municipal

Foto: Eliseu Sampaio/Mais Guimarães

“Connosco, com a CDU, podem sempre confiar no futuro.” Foi desta forma que Torcato Ribeiro terminou a sua intervenção na apresentação da candidatura à Assembleia Municipal de Guimarães (AM) nas próximas eleições autárquicas.

A apresentação da candidatura decorreu na manhã deste domingo, dia 09, no átrio do Centro Cultural Vila Flor, e contou com a presença de Mariana Silva, deputada, que no passado dia 24 de abril foi também apresentada como candidata à Câmara Municipal de Guimarães, de José Luís Ferreira, líder parlamentar do Partido Ecologista “Os Verdes”, e também de Simão Fernandes, membro do Comité Central do PCP.

Em 2021 invertem-se os papéis na coligação, já que há quatro anos Torcato Ribeiro foi candidato à Câmara e Mariana Silva à Assembleia Municipal.

Torcato Ribeiro começou por elogiar o “papel importantíssimo” de Mariana Silva, enquanto líder parlamentar da CDU na Assembleia Municipal, referindo ter “consciência daquilo que me é exigido” e esperar “desempenhar o mandato mantendo a fasquia de qualidade e empenho.”

O candidato, que já representou a CDU na Assembleia Municipal entre 2009 e 2011, antes de integrar a vereação (foi vereador entre 2011 e 2017) lembrou que mesmo nesse período fez questão de estar “presente em todas as assembleias municipais.”

Foto: Eliseu Sampaio/Mais Guimarães

Quanto à candidatura às próximas autárquicas, Torcato Ribeiro frisou estar a encabeçar “um coletivo com o qual os vimaranenses sabem poder contar,” que a sua postura será “avessa à chicana política que nada acrescenta, nada muda e a todos prejudica.” Para o candidato, nestas eleições, a CDU apresentará às assembleias de freguesias candidaturas “capazes de dialogar com todos, sem abdicar de princípios. Capazes de estabelecer pontes e encontrar soluções rigorosas e de qualidade.”

Torcato Ribeiro disse que “esta é uma candidatura que se compromete a dar voz a quem a não tem. Com a confiança dos vimaranenses a CDU continuará a ser na assembleia municipal de Guimarães, uma voz que conta,” terminou.

Sobre os resultados eleitorais, aos jornalistas, disse ainda esperar que “esteja tudo em aberto neste ano atípico,” considerando haver “elementos novos que poderão fazer baralhar aquilo que são as contas que costumamos fazer.”

“O Torcato é um homem de muitos saberes, conhecedor, como poucos, do nosso concelho e da sua vida coletiva.” Mariana Silva.

Foto: Eliseu Sampaio/Mais Guimarães

Para Mariana Silva, deputada do partido ecologista Os Verdes na Assembleia da República, e candidata à Câmara Municipal, Torcato Ribeiro constitui um “selo de garantia”. A candidata destacou que o projeto da CDU se afirma como “único e distintivo” representando “a aspiração a um concelho mais justo, mais solidário, mais amigo da natureza.”

Mariana Silva referiu que a CDU tem uma “incontornável e consequente intervenção autárquica no concelho de Guimarães, com um forte património de propostas e de soluções para resolver os problemas deste concelho tão vasto.”

A candidata à CM que “A CDU diz ao que vem,” clarificando que se apresentam a eleições para combater “seja uma gestão incompetente, arrogante, cansada, sem ambição e eleitoralista, sejam as “águas mornas” de uma dita oposição que aguarda que o poder lhes caia no colo.”

Num discurso com fortes críticas aos partidos mais representados no poder em Guimarães, Mariana Silva acrescentou que “por mais cores com que se apresentem, que iludam, o PS já não tem projeto e o PSD e o CDS já só pensam no poder pelo poder.”

©2021 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?