Trabalhadores dos transportes urbanos concentram-se contra o layoff

Os trabalhadores dos transportes rodoviários e urbanos, no sábado, dia 27, pelas 15h00, se concentraram-se no Jardim da Alameda em Guimarães, reivindicando “menos layoff e mais transportes”.

Uma delegação do grupo autárquico da CDU em Guimarães, que contou com a deputada da Assembleia da República, Mariana Silva, esteve presente na concentração. Face à diminuição da atividade e circulação de pessoas, as várias empresas de transportes diminuíram significativamente a oferta, com a supressão de carreiras e redução de frequência. Uma diminuição que a Comissão Concelhia de Guimarães do PCP considerou já para lá do aceitável. Na opinião dos comunistas estão em causa os transportes dos trabalhadores nas suas deslocações casa/trabalho. Para o PCP, há tamém um problema de lotação dos autocarros que não permite que o distanciamento recomendado pela autoridades de saúde pública seja respeitado.

Para os comunistas de Guimarães a solução passa pela reposição integral da oferta de transportes, tal qual estava antes do surto epidémico. “A reposição que se quer fazer da atividade económica e da vida social não pode ser garantida se não estiver assegurado o direito ao transporte”, afirma o PCP em comunicado. O Partido Comunista sublinha a necessidade de um serviço de transportes que garante que se cumprem as regras de distanciamento sanitário, com limitações de lotação, mas afirma que isto se faz alargando a oferta e assegurando a higienização regular.

 

©2020 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?