U. MINHO E HOSPITAL DE GUIMARÃES JUNTOS EM ESTUDO SOBRE DISFUNÇÃO OVULATÓRIA

A Escola de Medicina da Universidade do Minho, o Hospital de Guimarães e o Centro Clínico e Académico de Braga estão a desenvolver um projeto de investigação clínica relacionado com a disfunção ovulatória.

De modo a compreender melhor as diferentes vias envolvidas na disfunção ovulatória e também com vista a criar um algorítmo de diagnóstico que ajude os médicos a terem uma melhor orientação nestes casos, o estudo está, neste momento, numa fase de recrutamento de participantes.

Em semana de Dia Internacional da Mulher, a organização pretende alertar para o tema que nem sempre tem o melhor acompanhamento clínico. “A disfunção ovulatória é a principal causa da infertilidade feminina e é a principal causa de ciclos menstruais irregulares ou mesmo falha na menstruação. Consiste no funcionamento irregular, ou não funcionamento, do ovário e traduz-se na ausência da ovulação e consequentemente impossibilidade de engravidar”, referem.

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

©2019 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?