UMinho: Atividades praxísticas presenciais proibidas e desencorajadas

O Cabido de Cardeais da Universidade do Minho, órgão máximo da praxe minhota, informou em comunicado que “todas e quaisquer atividades praxísticas presenciais estão proibidas e serão desencorajadas”.

@Nuno Rafael Gomes/Mais Guimarães

A medida, anunciada esta sexta-feira, 25 de setembro, será aplicada no início deste ano letivo e será reavaliada com frequência.

“Não quero com isto dizer que a praxe está suspensa”, pode ler-se no comunicado, garantindo que as “tradições académicas continuam vivas”.

O Cabido de Cardeais faz ainda um apelo para que, apesar de tudo, os estudantes trajem. “Façam-no para recordar tudo o que devíamos estar a viver, façam-no para mostrar a nossa cultura, façam-no para orgulhar a nossa academia. Ao trajar, o estudante do minho está a mostrar sua resiliência perante uma dificuldade. Trajem para ir às aulas, trajem para ir ao café, trajem. A arte de bem trajar é a nossa tradição mais bela e é necessário que tenhamos orgulho ao fazê-lo.”

©2020 MAIS GUIMARÃES - Super8

Publicidade

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?