Vimágua anuncia que não vai cortar a água a quem “não tiver disponibilidade para pagar” valor da fatura

Os utilizadores que se encontrem nessas circunstâncias, devem, segundo a empresa municipal, “solicitar planos de pagamento fracionados, na medida da sua possibilidade, para as faturas emitidas e vencidas neste período”.

© Mais Guimarães

A Vimágua divulgou este domingo as medidas de apoio a famílias, empresas e instituições, depois de ter sido declarado o estado de emergência em Portugal,através de Decreto do Presidente da República, em consequência da epidemia da doença COVID-19.

“Em consonância com as orientações dos Municípios de Guimarães e Vizela”, a Vimágua anunciou que, na “eventualidade de uma família,empresa ou instituição se encontrar com dificuldades financeiras e não tiver disponibilidade para pagar o valor da fatura, a Vimágua não fará o corte do serviço de água ou da prestação do serviço de saneamento”. Os utilizadores que se encontrem nessas circunstâncias, devem, segundo a entidade, “solicitar planos de pagamento fracionados, na medida da sua possibilidade, para as faturas emitidas e vencidas neste período”.

Eis as restantes medidas anunciadas:

  • Face ao expectável aumento do consumo de água dos clientes domésticos, resultante da permanência em casa dos agregados familiares, a Vimágua irá aplicar ao consumo adicional o preço do escalão atingido pelo cliente no consumo médio do último ano;
  •   Famílias com maior vulnerabilidade económica, e que invoquem essa condição junto da Vimágua, através do telefone 253439560 ou 800200646 ou, ainda, através do emailvimagua@vimagua.pt,facultaremos a suspensão dos prazos de pagamento e encaminharemos os processos para análise e apoio social;
  • Qualquer empresa que suspenda a sua atividade, neste período, poderá requerer à Vimágua a suspensão do contrato, comunicando a leitura do contador. A partir desse momento,os serviços de fornecimento de água, saneamento de águas residuais e resíduos sólidos urbanos deixam de ser faturados, sendo a faturação retomada, quando comunicarem a retoma da atividade;
  • Procedemos ao alargamento do prazo de pagamento das faturas em 10 dias, desde a data da emissão, e após a data limite de pagamento, acrescemos 20 dias, para pagamento através do Multibanco;
  • Relativamente a faturas e avisos de pagamento já vencidos, a Vimágua procederá à emissão de novas referências Multibanco, a pedido dos utilizadores, com um prazo de pagamento de 10 dias. O pedido poderá ser feito pelo telefone 253439560 ou 800200646 ou, ainda, através do emai lvimagua@vimagua.pt;
  • Para mitigar o risco de contágio, a Vimágua suspendeu o serviço de leituras dos contadores e restringiu os serviços de atendimento ao público, na sua componente presencial.Não obstante,reforçou o seu atendimento telefónico,através dos contactos 253439560, 800200646 e800910410;
  • Também o atendimento online, através do site, www.vimagua.pt, ou do Balcão digital estão operacionais;
  • A comunicação de leituras continua a poder ser feita através da linha gratuita 800200646, do site, www.vimagua.pte do Balcão Digital. É importante que os utilizadores comuniquem as leituras, evitando, desta forma, a faturação por estimativa e acautelando a deteção atempada de eventuais fugas de água nas redes prediais.

A Vimágua informa que “fará uma avaliação permanente da adequação das medidas adotadas à evolução da situação”.

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

©2020 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?