VITÓRIA PRETENDE MAIS CAMPOS E ALOJAMENTO NO COMPLEXO

O presidente vitoriano avançou que a construção de novos campos e a instalação de uma unidade de alojamento no interior do complexo visam elevar o nível de trabalho das equipas de futebol. O dirigente disse contar com o apoio da autarquia, que, nas palavras do presidente, Domingos Bragança, pode ajudar dentro do possível.

Júlio Mendes explicou que o alojamento no interior do complexo vai aparecer para evitar que os “jovens” do clube estejam “dispersos pela cidade” e que os novos campos vão cobrir as insuficiências atuais no trabalho da equipa B e da formação, mas disse não existir ainda data para o arranque dos projetos, que vão implicar um “investimento avultado” e apoio financeiro do município.

“Temos a expetativa de que a Câmara vai efetivamente apoiar-nos do ponto de vista financeiro noutras intervenções que queremos fazer. O Vitória, e estamos a falar do clube e não da SAD, para reabilitar todo o património que tem e para conseguir crescer não o consegue fazer com a sua dimensão real económico-financeira”, revelou.

O líder vitoriano avançou que o clube já tem solicitado “campos de outros clubes”, o que, apesar de ser bom, do ponto de vista de “rentabilizar” o que há no concelho, também tem sido prejudicial em termos de “custos” e de “logística”, e disse ainda esperar o contributo da autarquia para este novo projeto ao “mais alto nível”.

“Falta fazer muito ao nível da reabilitação do que encontrámos. Já fizemos quase 1,5 milhões de investimento em infraestruturas desde que cheguei. A câmara, ao longo deste percurso de quatro anos e meio, tem-nos apoiado na medida do que tem podido. Tenho a certeza de que fará o que puder para mais algum esforço”, antecipou.

O presidente da Câmara Municipal, Domingos Bragança, garantiu que a autarquia está disposta a ajudar “financeiramente” e “logisticamente” dentro do que for “possível”, referindo que está sempre atento aos projetos do Vitória, até pelo “valor excecional” que o clube tem, até de um “ponto de vista simbólico”.

Temos 40% do plantel que é oriundo da formação

O presidente vitoriano destacou, à margem da apresentação dos vitorianos de mais tenra idade no novo relvado sintético do complexo, que os novos projetos incluem-se na “política de aposta na formação” e que o emblema da cidade-berço é visto internacionalmente “como um dos clubes portugueses que melhor sabe trabalhar a formação”.

Júlio Mendes referiu que o plantel principal tem 40% de jogadores provenientes da formação, mesmo sem serem de Guimarães ou da região, embora tenha referido que é também importante contar com jogadores vimaranenses, uma vez que, assim, se elevam “conterrâneos ao mais alto nível” e “a serem embaixadores de Guimarães”.

Já o autarca vimaranense salientou que a “educação desportiva desde tenra idade” contribui para a criação de “autênticos viveiros para o recrutamento de clubes maiores, como é o caso do Vitória”, lembrando que a prática desportiva em Guimarães está acima da média nacional em 12 pontos percentuais e que o município tem avançado com muitos relvados sintéticos e melhorias nas condições dos balneários e dos equipamentos dos diversos emblemas vimaranenses.

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

©2019 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?