VITÓRIA PROCURA TERCEIRO LUGAR PROVISÓRIO FRENTE AO MARÍTIMO

A turma de Pedro Martins regressa este sábado, pelas 16h00, ao Estádio D. Afonso Henriques, para defrontar os madeirenses, e um triunfo vale uma subida, à condição, ao pódio da Primeira Liga. O técnico vitoriano anteviu, porém, um jogo de “grande dificuldade” frente a uma equipa que está na luta pela Europa, após um mau início de campeonato.

A formação da cidade-berço vai procurar dar continuidade ao triunfo alcançado no dérbi com o Sporting de Braga na receção aos insulares e somar mais três pontos aos 34 que já tem, ultrapassando provisoriamente o Sporting, quarto, com 35, que joga neste sábado à noite, com o Paços de Ferreira, e os bracarenses, que ocupam a terceira posição, com 36, e viram o jogo com o Rio Ave adiado, por jogarem a final da Taça da Liga no domingo, com o Moreirense.

O treinador do Vitória, Pedro Martins, disse, na antevisão ao jogo, que o Marítimo, sétimo classificado, com 27 pontos, é um “adversário muito complicado” e “muito forte nas bolas paradas”, pedindo à sua equipa “muita paciência”.

O “onze” frente aos “verde-rubros” vai ter de ser diferente do da ronda anterior, após a saída de Soares para o FC Porto e o castigo a João Aurélio, por ter visto o quinto amarelo, sendo provável a escolha da dupla Joseph e Zungu para o meio-campo e subsistindo a dúvida sobre se o reforço Rafael Martins vai ser já lançado.

Os vitorianos, além de quererem consolidar a sua posição entre os cinco primeiros do campeonato, vão também querer voltar a vencer no seu reduto um adversário que, na época passada, venceu em Guimarães por 4-3. Os vimaranenses ainda anularam uma desvantagem de 3-1 já na segunda parte, mas Fransérgio garantiu o triunfo maritimista com um golo aos 90 minutos. Outro dos golos madeirenses foi apontado por Marega, hoje ao serviço do Vitória, em cima do intervalo.

©2020 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?