A CULTURA CONTEMPORÂNEA E A IGREJA EM DEBATE

O auditório da Junta de Freguesia de Urgezes acolhe o debate, que contará com figuras da igreja e da cultura vimaranense. Na sexta-feira, pelas 18h30.

© Mais Guimarães

Sexta-feira é dia de se debater o lugar e o papel da Igreja na Cultura Contemporânea. Nessa conversa, marcada para as 18h30 do auditório da sede da Junta de Freguesia de Urgezes, no dia 17, figuras da cultura vimaranense e da igreja falarão sobre a coexistência de ambas. Porque, afinal, “devem completar-se”. Quem o diz é Francisco de Oliveira, pároco de Urgezes, que também participará no debate. “É importante falar da cultura na igreja e da cultura da igreja. Farei uma introdução para mostrar que a igreja está atenta à cultura e que não são adversárias. Pelo contrário”, explica.

Para o pároco, a igreja está a par de uma sociedade “em permanente evolução, numa velocidade estacionada, uma ilusão permanente”. E, por isso, “a igreja que não percebe isto pode fechar-se, tal como a cultura pode ser adversária” — sendo que a “igreja também é cultura”, aponta Francisco de Oliveira. “É o desafio que quero propor. A crentes e não crentes. Falar da pintura, da literatura, do cinema, porque é onde mais se questiona. A igreja não tem medo de ser questionada”, aponta.

O debate conta com a presença do Bispo Auxiliar de Braga, Nuno Almeida, e com várias figuras da cultura vimaranense: Capela Miguel é um dos convidados, para além do escritor Angelino Pereira, o pintor Arménio Sá e Paulo Vieira de Castro, da Sociedade Martins Sarmento. A vereadora para a Cultura, Adelina Paula Pinto, também participará no debate. A moderação do mesmo ficará a cargo de Eliseu Sampaio, diretor do Mais Guimarães.

O dia inicia, contudo, com visitas a algumas instituições de ensino, como a Escola Básica I e JI de Urgezes e as EB 2,3 Gil Vicente e Egas Moniz. Às 11h30, será celebrada uma eucaristia de doentes e idosos. No roteiro constam ainda visitas ao Lar Rainha Dona Leonor, à ASCU e a empresas como a ELAX e a SOMAFER, bem como ao Centro Cultural Vila Flor. As instituições desportivas também fazem parte do trilho: estão agendadas visitas à Fonte Santa e aos Amigos de Urgezes.

©2021 MAIS GUIMARÃES - Super8

Publicidade

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?