“Então Vamos!” lança radionovela para ouvir em isolamento

© Direitos Reservados

Em tempos de pandemia, o “Então Vamos!” “readaptou-se” e está a lançar uma radionovela em formato podcast. O projeto, que nasceu de uma candidatura de um conjunto de cidadãos que frequentava o Centro Comunitário da Associação para o Desenvolvimento das Comunidades Locais (ADCL) ao Orçamento Participativo 2013, reajustou-se, considerando o recuo dos serviços existentes que agravam o isolamento.

Em comunicado, a ADCL revela que avançou para a edição e lançamento, em versão rádio (podcasts), dos 4 espetáculos/episódios da “Radionovela”. Este formato assenta nos espetáculos levados à cena entre 2015 a 2016, uma criação artística de Manuela Ferreira e do grupo de voluntários do “Então Vamos!”. Os quatro episódios da Radionovela e os seus podcasts são apresentados, semanalmente, em várias plataformas digitais, ao longo de junho e julho.

Além disso, o projeto manteve “contacto regular” com todos os idosos em isolamento, prestou apoio social, desenvolveu uma rede de suporte para garantir resposta efetiva às múltiplas necessidades básicas dos idosos e perpetuou o trabalho de criação artística junto dos voluntários, garante a ADCL na nota informativa.

Recorde-se que originalmente o projeto visa o combate ao isolamento social dos idosos que vivem sós ou com outro idoso (identificados pela CMG pelo programa 65+) em freguesias rurais e dispersas, através das artes performativas. O “Então Vamos!” contempla 221 idosos do Vale de S. Torcato e 28 voluntários seniores.

Ao longo de 6 anos, partindo dos ensaios com os voluntários, da animação musical e ensaios descentralizados nas diversas freguesias, da recolha de histórias e memórias na comunidade junto dos seniores, até à criação/apresentação de objetos artísticos originais, o projeto consolidou-se e afirmou-se.

Nos últimos anos alargou a sua ação com iniciativas e espetáculos por todo o concelho de Guimarães. Presente em várias salas/espaços de espetáculo e, sobretudo, na comunidade, o “Então Vamos!” potenciou a criação até ao momento de 15 objetos artísticos, treze destes sob a direção artística de Manuela Ferreira e dois dirigidos por Sara Costa.

©2020 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?