FILIPE TEIXEIRA

Nome completo
Carlos Filipe Oliveira Teixeira

Nascimento
11 de Agosto de 1988, Guimarães

Profissão
Barbeiro

O talento para a barbearia passa de geração em geração. No caso de Filipe Teixeira, a tradição familiar é antiga, mas o gosto pelo ofício é cada vez maior. Passou pelas mais variadas áreas, mas chegou a um patamar do seu percurso em que percebeu que o sucesso estava nas suas raízes.

Foi desde criança que sempre frequentou a barbearia do seu avô, o emblemático Salão Carlos, no coração da cidade-berço. “Basicamente, cresci neste meio. O meu avô tinha uma barbearia aqui no centro histórico, que é o Salão Carlos. Cresci aí, brincava aí. Certamente, foi um pouco por aí que me levou a escolher agora esta área. Varria os cabelos, passava lá muito tempo, principalmente nas férias”, contou Filipe Teixeira. “A minha família tem várias gerações de barbeiros. O meu avô é barbeiro há mais de 60 anos, e quatro filhos seguiram o caminho. No entanto, desta geração, eu sou o primeiro a dar o passo nesta área”, revelou.

“Cheguei ao final e terminei na área onde cresci”

Desde a sua infância que o bichinho ficou consigo, mas o seu percurso deu ainda algumas voltas até dar as primeiras pisadas na área da barbearia. “Frequentei o curso de Economia na universidade, apesar de não ter chegado a concluir a licenciatura. Trabalhei em áreas completamente diferentes umas das outras, como ginásios, discotecas e restaurantes”, contou o jovem vimaranense. Após este percurso, que tomou vários rumos, percebeu que era nas suas raízes que iria encontrar o seu futuro. “Cheguei ao final e terminei na área onde cresci”, mencionou Filipe Teixeira.

Foi então altura de arregaçar as mangas e começar à procura de formas de investir na área da barbearia. “Quando decidi que era esta a área que queria seguir, comecei a pesquisar algumas escolas, para ver onde haviam os cursos e acabei por ir para Famalicão. Engraçado que a licenciatura também tinha sido lá. Nessa escola conseguia conciliar o horário das aulas com o horário de de trabalho, pois na altura trabalhava num restaurante, e consegui assim terminar o curso”, contou. Concluído o curso, abriu o seu novo espaço, na Avenida D. João IV, que fez um mês agora em abril. “Abri em conjunto com um estabelecimento que já existia e está a correr muito bem. É uma área em que, no início, temos que construir os nossos clientes e é também uma área em que mexemos com a estética, ou seja, precisamos de ter a confiança das pessoas. Mas está a correr muito bem. Se calhar, melhor do que estava à espera, mas ainda bem”, confidenciou.

Nos dias que correm, ser barbeiro é uma profissão que “está muito na moda”. Ainda assim, não é a carreira típica de alguém desta geração. Filipe Teixeira referiu que os amigos ficaram “muito surpreendidos”, mas que o apoiaram a 100%. “Não estavam realmente à espera que fosse seguir esta área. Foi uma surpresa, porque no início não contei a quase ninguém. Depois comecei a contar e todos ficaram contentes. E isso também é bom, ver que as pessoas ficam entusiasmadas com esta minha escolha”, revelou.

Relativamente ao futuro, num curto espaço de tempo, Filipe Teixeira pretende ter o seu próprio espaço. “O meu objetivo é, num curto espaço de tempo, ter um espaço mais personalizado, ou seja, queria estar sozinho, ter o meu próprio espaço. O meu objetivo é ter uma barber shop, um conceito que agora está muito na moda, e talvez esse espaço seja aqui no centro da cidade”, referiu.

Ainda assim, as ambições do barbeiro vimaranense são maiores. Ao ser perguntado como espera estar daqui a dez anos, Filipe não não hesitou ao responder: “espero já ter algumas barber shops espalhadas pelo país”, concluiu.

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

©2019 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?